BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Deputado do PSL quer proibir uso de anticoncepcionais no País


O deputado federal Marcio Labre (PSL-RJ) apresentou na Câmara um projeto de lei para proibir o uso da pílula do dia seguinte e outros métodos contraceptivos no Brasil.

O parlamentar do partido do presidente Jair Bolsonaro sugere, no PL 261/2019, veto total de “comércio, a propaganda, a distribuição ou a doação” da pílula do dia seguinte, pílulas de progestógeno, implantes anticoncepcionais e até o DIU (dispositivo intrauterino).

Labre considera que os métodos mencionados acima são ‘micro abortivos’ e justifica ainda que o projeto tem como objetivo “proteger a saúde da mulher”.

Além disso, o deputado sugere que a polícia apreenda e destrua todo o material encontrado em farmácias. “Assim, conto, porém, primeiramente com a proteção de Deus. Em segundo lugar, com o apoio de vários movimentos Pró-Vida dispersos pelo País, cujo impacto sobre a opinião pública tem-se tornado cada vez maior nos nossos dias”, escreveu o Labre em sua proposta.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.