Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

‘Denúncia do MPF foi resolvida ainda em 2016’, explica advogado de Arthur

A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) assinalando que o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, omitiu um apartamento em sua declaração de bens em 2016 causou estranheza no advogado do prefeito, Yuri Dantas. De acordo com ele, esta situação foi resolvida ainda naquele ano, tão logo o erro foi detectado e o assunto nunca foi escondido por ninguém.

“A declaração de bens do prefeito no pleito municipal de 2016 foi corrigida junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas em outubro de 2016”, afirmou Yuri. “A petição número 42.503/2016 foi protocolizada no TRE-AM em 30 de outubro de 2016 e pode ser consultada  nos autos do processo 272-04.2016.6.04.0037/2016.  Posteriormente, foi protocolizada a petição de número 51.178/2016, a qual contém o CD em mídia com a declaração de bens vez que o TRE-AM requisitou a informação neste formato, e que também foi juntada aos autos de número 272-04.2016.6.04.0037.”, completou a Secretaria de Comunicação da prefeitura.

Ainda segundo o advogado, tanto o Ministério Público quanto a Justiça Eleitoral sempre souberam que houve um equívoco que não decorreu de má-fé. “A denúncia já havia sido suscitada durante a eleição, e Arthur pediu à Justiça Eleitoral o desarquivamento do processo de registro e apresentou novamente as declarações para as correções devidas”, afirmou.

Deixe uma resposta