BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

David vota de luto e diz: 'Não sei o que Deus quer de mim'


Vestindo preto e bastante abatido pelo duro golpe que sofreu neste sábado, 28/10,  com o falecimento de sua mãe, o candidato David Almeida (Avante)  votou  às 8h20 na Escola Estadual Lucena Bittencort, no Morro da Liberdade, bairro onde reside.  Dona Raimunda Rosa de Almeida, 84 anos, morreu na tarde de sábado por complicações da Covid-19.

David disse aos jornalistas que aguardavam que a  situação de sua mãe o tirou da campanha nos últimos 15 dias.

—  Durante toda a campanha do segundo turno consegui ir para a rua somente um dia, foi quando  ela teve uma melhora – disse o candidato, agradecendo a seu vice, Marcos Rotta (DEM) . Quero agradecer o Marcus Rotta que  fez o resto da campanha praticamente sozinho, e a meu coordenador o Sabá Reis.

David agradeceu a todas as manifestações de solidariedade que tem recebido e falou da tristeza, a mesma dor que sofreu há um ano com a morte da sua esposa, Lúcia Almeida.

David afirmou que campanha foi pesada no segundo turno

— Não sei o que Deus quer de mim. Daqui a 5 dias vai completar 1 ano que eu perdi a minha esposa. E a minha mãe foi pra casa no dia que eu sepultei a minha esposa para cuidar de mim. Quase um ano depois perco a minha mãe. Éramos eu, minha mãe, minha filha e minha esposa. Agora somos só eu e minha filha -, disse, comovido, o candidato.

Mesmo em meio ao sentimento de tristeza, David demonstrou resignação, afirmando que  para tudo Deus tem um propósito.

— A gente aceita. Não entende, mas para tudo Deus tem um propósito. Agradeço a Deus primeiramente e  a cidade de Manaus que me coloca nessa condição hoje para estar disputando o segundo turno. Não é fácil para alguém com as minhas origens e com as condições desafiar tudo e a todos – disse ele.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.