BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

David e Rotta propõem criação de Secretaria para Pessoas com Deficiência


O candidato à Prefeitura de Manaus, David Almeida (Avante), anunciou nessa segunda-feira (5), proposta para a criação da Secretaria Municipal das Pessoas com Deficiência (Semped). Ao lado de seu candidato a vice, Marcos Rotta (Democratas), o ex-governador disse que o projeto prevê um orçamento de R$ 10 milhões ao ano para a pasta, que atenderá um público de pelo menos 320 mil pessoas na capital.

David fez questão de ressaltar que a medida é um compromisso assumido por sua coligação, que prioriza a representatividade. "A nossa chapa que, tem candidatos que representam as pessoas com deficiência, caso sejamos eleitos, firma compromisso de criar essa secretaria específica. Aproximadamente 320 mil pessoas possuem algum tipo de deficiência na cidade de Manaus. Sem dúvida, uma parcela muito grande da população que precisa da atenção do Poder Público", explicou.

Entre as ações desenvolvidas pela nova secretaria, em uma eventual vitória, David destacou o aumento no número de pessoas com acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ele ainda falou do seu apoio, quando deputado, na criação e manutenção da Secretaria de Estado das Pessoas com Deficiência ( Seped), extinta pelo Governo do Amazonas.

"Na época, votei a favor da criação da secretaria. Inclusive a ex-secretária, Vâni, faz parte do meu staff atual. A vinda dessa secretaria para o âmbito municipal vai tornar a vida dessas pessoas mais acessível. Existe um buraco muito grande do que se pode trazer para cá da Previdência Social, sem onerar os cofres do município, a condição é imensa, não iremos gerar custo. Temos possibilidade de aumentar renda e dignidade dessas pessoas", reforçou David.

David ainda garantiu que as organizações e entidades representativas atuarão lado a lado com a Semped, onde especialistas na área, que conhecem do assunto, estarão trabalhando na secretaria para que possam resolver e minorar a desigualdade. Vale reforçar que o orçamento de R$ 10 milhões da nova pasta só utilizará cerca de 0,3% do orçamento do município.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.