Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

David diz que vai asfaltar BR-319, caso eleito

Único candidato ao governo do Estado que transitou na BR-319, por toda a sua extensão, e conhece a realidade da rodovia, David Almeida (PSB), da coligação Renova Amazonas, reafirmou que o asfaltamento da estrada é um dos seus projetos prioritários na área de infraestrutura. Durante visita aos municípios de Manaquiri e Careiro Castanho, na Região Metropolitana de Manaus, ele avaliou que essa obra vai garantir a formação de um novo ciclo de desenvolvimento do Amazonas.

O candidato, que foi governador interino do Amazonas de maio a outubro de 2017, lembrou aos moradores dos dois municípios que, durante a sua gestão de 144 dias, foi possível dar a ordem de serviço e asfaltar mais de 400 quilômetros de estradas, ramais e vicinais em municípios de várias regiões do Estado. Diante dessa experiência, ele afirmou que conheceu os caminhos para investir na garantia de acesso do povo do interior por meio das suas estradas, ramais e vicinais, vendo, portanto, que é possível asfaltar o trecho do meio da BR-319.

“De todos os candidatos ao governo que estão aí, eu sou o único que percorreu toda a extensão da BR-319. Ela é uma estrada que, durante o verão, é possível percorrer do limite da velocidade mesmo sobre o barro. E por que não percorrer no asfalto? A BR-319 é uma das prioridades do plano de governo, porque vamos garantir a redução do estoque-trânsito da indústria e do comércio de 15 a 18 dias, para três a quatro”, disse David.

Para o candidato, além de se tornar o caminho das matérias-primas e de produtos que vêm do Sul para Manaus, a BR será fundamental para garantir o acesso terrestre do amazonense para o Sul do país, do mesmo modo que servirá para impulsionar o turismo para Manaus e Região Metropolitana, pela estrada. “O desenvolvimento do Amazonas passa necessariamente pelo asfaltamento da BR-319, que já serviu o Estado nos seus primeiros momentos, mas que foi abandonada por muitos anos”, lembrou.

Deixe uma resposta