BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

David anuncia pacote de obras com cinco viadutos em 15 meses, teleférico e mirante


O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), anunciou na manhã desta quinta-feira, 17/06, um pacote de obras para a cidade que inclui ações em diversas áreas. Durante o anúncio o prefeito divulgou grandes obras como a construção de um mirante no centro de Manaus com marina e teleférico e ainda o Museu da Zona Franca. David Almeida assumiu o compromisso de entregar em 15 meses cinco complexos viários em todas as zonas da cidade, com a promessa de mais oito até o fim de sua gestão.

Em pouco mais de cinco meses à frente da administração de Manaus, David Almeida divulgou um pacote de obras extenso com ações que vão desde a recuperação de igarapés até a revitalização do centro da capital. Do total de investimentos, as áreas com maior aporte de recursos foram as de Infraestrutura com R$ 438 milhões e Urbanização, R$ 407 milhões.

Os recursos segundo o prefeito são oriundos de verbas federais e estaduais fruto de empréstimos, recursos próprios, convênios federais, bancada federal, além de emendas de senadores e deputados.

As ações devem gerar uma média de 60 mil empregos diretos e indiretos na capital do Amazonas.

Educação e Saúde

Na área da educação serão investidos R$ 80 milhões. Entre os projetos estão 2200 vagas na construção de três novas creches e retomada da obra de mais seis creches que devem ser entregues nos próximos seis meses.

Na saúde serão R$ 129 milhões investidos na construção de três Unidades Básicas de Saúde (UB´s) porte IV; reforma e ampliação de sete UB ́s e reforma de 68 Unidades de Saúde.

“Nós queremos fazer da saúde básica de Manaus referência no Brasil. Nós vamos queremos sair de uma condição de um dos piores índices de indicadores do Brasil para em um ano estarmos entre as melhores saúdes básicas do Brasil. Essa é uma meta que nós vamos perseguir, vamos buscar e vamos conseguir alcançar porque já estamos contratando também software de gestão para que nós possamos implementar dentro das nossas unidades básicas também ações de tecnologias voltadas à saúde com tecnologia de Israel”, destacou o prefeito.

Infraestrutura e Urbanização

Já no setor da infraestrutura serão disponibilizados R$ 438 milhões. Os gastos serão direcionados à construção de complexos viários na Bola do Produtor, na zona leste; da Arena da Amazônia, na zona centro-sul; Avenida Brasil com Coronel Teixeira, na zona oeste; Barão de Rio Branco com Avenida das Torres, na zona norte e na Avenida das Torres com a Avenida Efigênio Sales.

A previsão para a construção dos 5 complexos é de 15 meses. Segundo o prefeito, posteriormente, mais oito complexos devem ser construídos.

Ainda na infraestrutura, 10 mil ruas serão recuperadas; 100 praças, campos e quadras esportivas reformados;  além da requalificação urbana dos igarapés; construções de muros e taludes e serviços de drenagem e contenção de galerias. Há ainda a previsão de reforma e adequação de Distrito de Micro e Pequenas Empresas (Dimicro).

Na Mobilidade urbana serão investidos mais de R$ 49 milhões para a construção do Terminal de Ônibus 7 e terminais de integração do Galiléia, reforma de plataformas e terminais de ônibus, semáforos inteligentes, construção de passarelas e novas sinalizações viárias. Entre os projetos está a construção da ciclofaixa da Ponta Negra que deve ser construída pelo Exército em uma parceria com a prefeitura de Manaus.

Teleférico e mirante

Na urbanização o montante previsto é de R$ 407 milhões o que prevê a Revitalização do Centro Histórico de Manaus. No projeto está a construção de um mirante, na avenida Sete de Setembro, o espaço deve contar com uma marina e até um teleférico. Além da área central, a Ponta Negra também deve ser revitalizada e parques recuperados.

O pacote de obras ainda prevê a construção do Museu da Zona Franca de Manaus com recursos provenientes de uma parceria com a Suframa. No distrito também deve ser implantada 17 km de ciclovia e além da revitalização urbanística do Pólo Industrial.

Os recursos também devem ser direcionados a regularização fundiária de aproximadamente 20 mil lotes; arborização de espaço públicos, incluindo jardim vertical nas colunas dos viadutos; construção de portais nas entradas da cidade como Porto de Manaus, Aeroporto e Distrito Industrial, com assinatura do artista Roci Amoedo.

Habitação

Na habitação serão utilizados R$ 110 milhões para a construção de 1000 apartamentos. O valor é fruto de uma emenda do senador Omar Aziz (PSD).
Nas feiras e mercados o aporte será de R$ 35 milhões para a construção de novas feiras, inauguração de feiras itinerantes, reforma de  25 feiras, de espaços itinerantes e de galerias populares.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.