BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Datafolha: 49% dos que recebem auxílio avaliam Bolsonaro como ruim ou péssimo


A maioria dos brasileiros, mesmo aqueles que estão recebendo o auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do coronavírus, reprova o governo de Jair Bolsonaro.

De acordo com a pesquisa Datafolha, divulgada na noite desta terça-feira (30), 49% dos que estão recebendo o auxílio consideram o trabalho do presidente na crise da Covid-19 ruim ou péssimo. Neste grupo, apenas 26% avaliam o desempenho como ótimo ou bom, e 24% como regular.

Para aqueles que não estão cadastrados no programa, 51% considera a atuação de Bolsonaro como ruim ou péssima. Ainda, 27% classificaram a gestão do ex-capitão como ótimo ou bom, e 22%, como regular.

Auxílio será estendido por dois meses

O governo anunciou nesta terça-feira (30) a ampliação do auxílio emergencial por mais dois meses, mantendo as parcelas no valor de R$ 600 mensais. A ideia inicial era manter o auxílio por três meses, mas, com o avanço da doença, foi necessário uma prorrogação dos pagamentos.

A pesquisa Datafolha desta terça também revelou que, entre os empresários, 44% disseram sempre acreditar em Jair Bolsonaro, contra 21% na média da população economicamente ativa —que incorpora, além dos patrões, empregados e desempregados.

Entre os que estão buscando emprego, só 12% dizem sempre confiar em Bolsonaro.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.