BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

CV promete ‘torar’ assaltante que matou jovem dentro de ônibus em Manaus



Na manhã desta sexta-feira (17), circulou em grupos de conversa mensagens que foram divulgadas por membros de uma facção criminosa denominada Comando Vermelho, na qual eles falam sobre vingar a morte do jovem Melquisedeque Santos do Vale, de 20 anos, morto na noite dessa quinta-feira (16), durante um assalto no ônibus da linha 444. A informação é do Portal Tucumã.

O crime chocou os populares de Manaus, uma vez que, o rapaz era indígena e estava na capital há cerca de 4 meses, trabalhando em uma rede de lojas.

Após a repercussão da morte do indígena Melquisedeque, crime ocorrido na noite desta quinta-feira, 16, dentro de um coletivo em Manaus que causou indignação em populares, devido a forma de como foi praticado e o motivo do crime; o chamado Tribunal do Crime, supostamente formado por membros de uma facção que atua na região onde o crime foi cometido, se manifestou através das redes sociais e foi informado que ideu início a caçada ao grupo criminoso que praticou o crime.

“Pq foi em area do CV. E CV nao mata inocente. Pessoal aq do bairro tão indignados. Maiorias dos de frente falaram q se alguem souber dos caras a visar que vao ser cobrados”.

Print da mensagem

O crime

Melquisedeque Santos do Vale, de 18 anos, foi morto, no final da tarde desta quinta-feira (14), por volta das 19h30, durante um assalto a ônibus, que ocorreu no transporte coletivo da linha 444, com sentido Centro de Manaus.

Três criminosos disfarçados de trabalhadores subiram no coletivo na avenida Torquato Tapajós e anunciaram o assalto.

Após tomarem os pertences dos passageiros, abordaram o jovem aprendiz, que entregou o aparelho celular, mas, ainda assim, um dos bandidos apontou a arma, calibre 12, na cabeça de Melquisedeque e baleou, levando o jovem à óbito, na mesma hora.

Jovem era menor aprendiz na Bemol
Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus