BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Crianças a partir de 6 anos podem se vacinar a partir desta quinta-feira



Crianças a partir de 6 anos de idade poderão se vacinar contra a Covid-19 em Manaus, a partir desta quinta-feira, 27/1. O anúncio foi feito pelo prefeito David Almeida na tarde testa quarta-feira, algumas horas após o estado receber do Ministério da Saúde 96.900 doses de vacina contra Covid-19, sendo 50.100 da Pfizer pediátrica, destinada ao público de 5 a 11 anos.

A atualização do público, até então restrito a crianças de 10 e 11 anos no geral, indígenas, quilombolas, com deficiência ou comorbidade comprovada se dá em meio a campanha com números muito abaixo do esperado, com apenas 1% do público de 260.127 alcançados na capital até esta quarta-feira.

A delimitação da idade a partir de 6 anos ocorre devido a inclusão da CoronaVac na campanha de vacinação, que atende ao público de 6 a 11 anos. Na manhã desta quarta, a Prefeitura de Manaus promoveu um treinamento, em formato on-line, para os técnicos responsáveis pela imunização nos Distritos de Saúde (Disas) Norte, Sul, Leste, Oeste e rural de Manaus para uso desse imunizante.

Para ser vacinada, a criança deve estar acompanhada por um dos pais ou outro responsável maior de 18 anos, com documento de identidade. Os documentos infantis obrigatórios são: certidão de nascimento ou documento de identificação original com foto; cartão nacional do SUS ou CPF, e a caderneta de vacinação.

POSTOS PARA CRIANÇAS

  • Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (Zona Oeste) – 9h-16h
  • Cidade da Criança (Zona Sul) – 9h-16h
  • Clube do Trabalhador Sesi (Zona Leste) – 9h-16h
  • Shopping Via Norte (Zona Norte) – 10h-16h

IMPRIMA A ARTE DO CURUMIM E LEVE NA VACINAÇÃO

Curumim
Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus