BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Crea-AM entrega laudo técnico do viaduto do Manoa ao vice-prefeito


O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), eng. Afonso Lins, entregou ao vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, o laudo técnico do viaduto do Manoa, elaborado pelos engenheiros do Grupo de Trabalho Obras Públicas do Crea-AM. A apresentação aconteceu na manhã desta terça-feira (9), na sede do Conselho, no Centro de Manaus.

Antes da entrega do laudo, o eng. Afonso Lins, o coordenador do GT, eng. civ. Robson Ferreira, e o coordenador adjunto, eng. civ. Frank Albert, apresentaram as considerações finais sobre a análise feita na obra do viaduto e as soluções a serem implantadas.

De acordo com o Coordenador Adjunto do GT, eng. civ. Frank Albert, se verificou que: houve falhas nos preceitos básicos das boas práticas de engenharia, no que diz respeito as normas pertinentes a execução e controles necessários às estruturas de concreto armado.

"O desnivelamento existente nos encontros das lajes tabuleiros, demonstra ter havido falhas no levantamento topográfico, que poderia ter sido resolvido no momento oportuno e não ter sido levado adiante esta etapa da obra, antes que esta questão fosse solucionada". descreveu o relatório produzido pelo Grupo de Trabalho.

"A inclinação das rampas de acesso ao viaduto está em desacordo com parâmetros mínimos definidos pelo DNIT. Além de outros itens relacionados ao processo executivo e as evidencias da existência de certos controles", completou o relatório.

Laudo técnico foi elaborado pelo Grupo de Trabalho Obras Públicas

Entre as recomendações feitas pelo Crea-AM estão:

  • Disponibilizar os relatórios de ensaio de compressão, módulo e flexo-tração referentes ao concreto do tabuleiro;
  • Não executar recapeamento com espessura inferior as 100mm, sob o risco de haver desplacamento da camada;
  • Executar berços amortecedores nas juntas elásticas;
  • Executar uma revisão na concordância das cabeceiras do viaduto, a fim de minimizar o desconforto que será causado aos usuários;
  • Realizar reparos nas juntas de concretagem, com metodologia adequada.

O viaduto do Manoa foi inaugurado em 31 de dezembro de 2020, e precisou ser fechado para reparos em menos de 24 horas. Na primeira semana de fevereiro, o GT Obras Públicas do Crea-AM, acompanhados pelo presidente do Regional, realizaram a primeira inspeção sobre o trabalho que havia sendo realizado no local.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.