BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Cozinha comunitária no Valparaíso passa a ser abastecida com água tratada


Criada há quase dez anos, a cozinha comunitária do Valparaíso, na zona Leste de Manaus, distribuiu diariamente mais de 250 refeições gratuitas para pessoas em situação da vulnerabilidade social. O trabalho é essencial para os moradores de uma das regiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da cidade.

Horas antes de abrir as portas, já é possível ver a fila se formando do lado de fora da cozinha. As crianças costumam marcar seus lugares com os chinelos, enquanto brincam na rua e aguardam aquela que muitas vezes é a única refeição garantida do dia. A estrutura do local é gerida pela Prefeitura de Manaus, através da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

A parte mais alta da rua Paracanaxi, onde a cozinha está localizada, é uma área de ocupação recente e por isso, não contava com estrutura regular de abastecimento de água tratada. Assim, o estabelecimento utilizava um poço artesiano particular da região para obter água e produzir os alimentos. Há dois meses, porém, o poço parou de funcionar e de fornecer água para a cozinha. O problema deixou o local sem funcionar por quase uma semana, impactando diretamente a vida de quem depende do almoço fornecido gratuitamente. “Era algo desesperador ver as pessoas nos procurarem aqui e não termos comida para oferecer. Estamos em uma região muito carente da cidade, onde as pessoas muitas vezes têm apenas a refeição que fornecemos para se alimentar”, contou Jéssica Girão, coordenadora da cozinha do Valparaíso.

Assim que a demanda chegou ao conhecimento da Águas de Manaus, carros-pipas passaram a ser enviados diariamente ao local para abastecer a caixa d´água da cozinha. A doação de alimentos para a comunidade retornou. Como uma das características da empresa é ter um olhar diferenciado para a população mais vulnerável, a concessionária também trabalhou, paralelamente, em uma solução definitiva para a questão.

Após mapear as ruas vizinhas da cozinha, a Águas de Manaus implantou mais de 1.200 metros de novas tubulações de água tratada na região, além de 80 ligações individuais. Com isso, além de garantir água tratada 24h por dia para a cozinha comunitária, o trabalho beneficiou mais de 400 moradores do Valparaíso. “Identificamos que essa era uma região do Valparaíso que não tinha infraestrutura de abastecimento. Montamos um projeto para atender a comunidade e conseguimos executar as obras nas últimas semanas. Agora, tanto a cozinha quanto os moradores da região contam com nossos serviços. A cidade está em expansão constante e temos feito os investimentos necessários para acompanhar esse ritmo garantir que todos tenham acesso a água tratada”, disse Felipe Poli, gerente de serviços da concessionária.

Cozinha produz e serve mais de 200 refeições por dia, em uma das localidades mais vulneráveis da capital

A comunidade aprovou a ação. “Posso dizer, em nome de todos aqui, que estamos muito felizes e agradecidos por essa obra. Dependemos de água para todas as nossas atividades. O que começou como um problema há dois meses, acabou virando um benefício para todos graças a esse trabalho”, reforçou a coordenadora da cozinha, Jessica Girão.

Todos os moradores contemplados com a extensão de rede no Valparaíso ainda foram cadastrados na tarifa social, que garante 50% de desconto nas faturas de água. Atualmente, mais de 65 mil famílias da cidade recebem este benefício. Desde que passou a atuar na cidade, a Águas de Manaus ampliou em mais de 220% o número de beneficiários da tarifa social.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus