Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Mais de mil contas de água são canceladas por cobrança indevida na Zona Leste


A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) cancelou mais de mil contas de água dos moradores do bairro Grande Vitória, zona leste da capital, após cobranças mensais, consideradas indevidas por conta da precariedade na prestação dos serviços de abastecimento de água.

Segundo moradores, desde 2009, a água encanada não chega às torneiras das casas, porém eles são obrigados a pagar o valor cobrado pelo consumo mínimo, mesmo sem utilizar o serviço e muitos tiveram seus nomes negativados por falta de pagamento. A equipe operacional da Manaus Ambiental já esteve várias vezes no local e a normalização do abastecimento não ocorreu.

Após a intervenção da fiscalização da Arsam, iniciada no mês de janeiro deste ano, a concessionária realizou ações de suspensão de emissão de faturas, retirada dos nomes dos moradores do SPC e Serasa e o recadastramento das ruas mencionadas. A Arsam calculou o montante de R$ 565 mil em faturas cobradas indevidamente.

Ouvidorias Denúncias relacionadas a má prestação dos serviços de abastecimento de água, gás canalizado e transporte rodoviário intermunicipal coletivo de passageiros podem ser registradas pessoalmente nas ouvidorias dos PACs São José, Sumaúma e Galeria dos Remédios, pelo 0800 280 8585 ou pelo WhatsApp 98423-0981.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.