BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Construção do Terminal 6 chega a 38% de obra concluída


A construção do Terminal de Integração do Lago Azul (T6), na zona Norte, avança e já alcança os 38% de execução. A estrutura está sendo implantada no cruzamento das avenidas Governador José Lindoso (também conhecida como avenida das Torres) e Comendador José Cruz e integra as melhorias no transporte coletivo anunciadas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

“Essa é uma das grandes intervenções que a capital recebe dentro da nossa proposta de equilibrar o sistema de transporte público e garantir a melhoria efetiva na mobilidade urbana na cidade. Juntando a obra do T6 aos complexos viários da Constantino Nery e do Manoa, além das plataformas centrais e mais os 300 novos ônibus que já estão chegando à capital, daremos um passo importante na evolução que Manaus precisa, melhorando a qualidade de vida das pessoas”, destacou o prefeito Arthur Neto.

Atualmente, as frentes de obra se concentram na implantação do pavimento rígido em concreto, que compreenderá 14 mil metros quadrados do local, dedicados às quatro plataformas de integração. Também são trabalhadas as vigas de infraestrutura, que darão suporte às plataformas. Ao finalizar essa etapa, o passo seguinte será a concretagem das lajes, na parte superior.

O projeto do Terminal 6 inclui quatro plataformas de integração dispostas de forma paralela, uma ao lado da outra, que vão servir de apoio para os coletivos. Os passageiros que acessarem o terminal a pé vão contar com duas entradas, uma pela avenida das Torres e outra pelo ramal do Acará. Na estrutura, as entradas e plataformas terão cobertura e os usuários do transporte coletivo também vão ter a possibilidade de recarga para os cartões eletrônicos de vale-transporte e estudantil.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.