Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Conselho de Ética do Senado tem três investigados na Lava-Jato, entre eles Braga

O senador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB) é um dos três integrantes eleitos para o Conselho de Ética do Senado, mas que estão sendo investigados pela operação na Lava Jato. Os outros dois são Romero Jucá (PMDB-RR), e Jader Barbalho (PMDB-PA).

Os três nomes fortes do PMDB foram eleitos nesta terça-feira, 30/05,  entre os 20 senadores que vão compor o conselho. Desde o início das investigações, os três negam acusações.

No entanto, de acordo com o  inquérito autorizado pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, Braga é suspeito de receber R$ 1 milhão em pagamentos indevidos da empreiteira quando era governador do Amazonas. Pelo menos é isso que revelam as delações da Odebrecht.

Na primeira vez que a denúncia caiu na mídia, Eduardo Braga divulgou nota onde disse que  “vale destacar que a abertura de inquérito não significa que os investigados respondam por qualquer tipo crime. O senador Eduardo Braga, em caso de notificação, prestará todas as informações necessárias à Justiça. O senador aguarda com tranquilidade o resultado das investigações.”

Já o líder do governo Temer,  Romero Jucá, é investigado em cinco inquéritos autorizados pelo ministro Fachin.  As investigações também são baseadas em delações de ex-executivos da Odebrecht.

Jader Barbalho também é  investigado com base em delações no âmbito da Operação Lava Jato. A abertura do inquérito foi autorizada em dezembro de 2015, pelo então relator da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, que morreu em acidente de avião, no início deste ano.

 

Deixe uma resposta