BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

CNN Brasil chega a zerar no Ibope com Alexandre Garcia e Sidney Rezende


A contratação pela CNN Brasil dos jornalistas Alexandre Garcia e Sidney Rezende para o quadro Liberdade de Opinião não conseguiu reverter a crise de audiência que o canal de notícias atravessa, despencando 18 posições em julho e promovendo diversas mudanças na grade para alavancar seu Ibope. Na última segunda-feira (10), exibido entre 14h45 e 15h05, a atração opinativa chegou a zerar na Grande São Paulo. Com informações da UOL.

De acordo com dados da Kantar Ibope obtidos com exclusividade pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, nas duas primeiras semanas no ar, de 27 de julho a 07 de agosto, o Liberdade de Opinião com Sidney Rezende marcou 0,18 ponto na capital paulista, atingindo a 20º posição no ranking de audiência. Na mesma faixa, a GloboNews marcou 0,99 de média e a liderança na TV paga.

No PNT (Painel Nacional de Televisão), no mesmo período, o placar foi de 126 mil telespectadores para a GloboNews (2º ranking) contra 35 mil da CNN Brasil (20º ranking).

O desempenho de Alexandre Garcia não alterou a baixa audiência do quadro. Enquanto o ex-jornalista da Globo esteve no ar, desde a estreia, teve média de 0,19 ponto (19º ranking) na Grande São Paulo contra 1,04 ponto (1º ranking) do canal de notícias do Grupo Globo. Já no PNT, Garcia alcançou média de 36 mil telespectadores (23º ranking) enquanto a GloboNews fechou com de 127 mil pessoas.

Na segunda-feira, no início da sua terceira semana, as participações de Sidney Rezende (14h45 às 15h05) e Alexandre Garcia (15h06 às 15h26) zeraram o Ibope da CNN Brasil na Grande São Paulo. Neste mesmo horário, a GloboNews marcou 8º posição no ranking com média de 0,41 ponto.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.