Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Cerca de 60 mil pessoas saíram de Manaus no feriado de Carnaval


As principais rodovias intermunicipais que ligam Manaus aos demais municípios da Região Metropolitana tiveram a fiscalização reforçada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) até a Quarta-Feira de Cinzas.

A Operação Carnaval teve início no dia 1º de fevereiro com o objetivo de coibir a prática do transporte clandestino e garantir a segurança dos passageiros em seus trajetos. Mais de cinco mil veículos, entre táxis, vans, ônibus e micro-ônibus foram abordados nas barreiras fixas da Arsam, localizadas no Terminal Rodoviário Eng. Huascar Angelim, no entroncamento das rodovias AM 010 e BR 174, Ponte Jornalista Phellipe Daou e Avenida das Flores.

De acordo com os relatórios Arsam, 58.577 (cinquenta e oito mil, quinhentos e setenta e sete) pessoas utilizaram o serviço de transporte rodoviário regular ou de afretamento para sair da capital nesse período. Banheiros inoperantes, atrasos de saída, cintos de segurança e poltronas com defeito foram as principais causas das 52 (cinquenta e duas) irregularidades apontadas pelos fiscais nas notificações expedidas às operadoras de linhas de ônibus regulares e veículos que praticam a modalidade de afretamento de passageiros.

Por conta do grande número de reclamações, há em curso uma minuta de resolução, preparada para deliberação do Conselho Estadual de Regulação, que pretende regulamentar a obrigatoriedade do funcionamento de banheiros em veículos de porte rodoviário, de acordo com o tempo de viagem.

Fiscalizações reforçadas – Nas fiscalizações volantes, municípios de maior fluxo como Itacoatiara, Manacapuru e Iranduba também puderam contar com a presença do órgão regulador em parceria do Departamento de Trânsito do Estado do Amazonas (Detran/AM) e Batalhão da Polícia Militar do Amazonas.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.