BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Carga de oxigênio enviada pelo governo venezuelano é de fábrica estatal


A carga de oxigênio que o governo venezuelano está enviando para Manaus é uma coisa. O carregamento que a White Martins está importando do mesmo país é outra. O esclarecimento foi feito pela própria empresa e pelo governo bolivariano, ambos em contato com o Blog do Mário Adolfo, após fake news tentando confundir o envio de oxigênio para o Amazonas.

A Venezuela está disponibilizando dois terços da produção de oxigênio de sua planta industrial de Puerto Ordaz, no estado Bolívar, para atender a emergência sanitária do Amazonas. A fábrica fica a 1.500 km de Manaus e os caminhões vão levar de 3 a 5 dias de viagem. A carga sairia na sexta, mas por exigências sanitárias brasileiras, os caminhões com 18 toneladas de oxigênio cada um (cerca de 100 mil m³ de oxigênio no total) sairão nesta segunda-feira.  Depois do envio dessa carga grande, serão dois caminhões por dia (cerca de 25 mil m³).

O oxigênio que será enviado a Manaus vem de uma fábrica estatal venezuelana. Além disso, não terá custo para o Brasil, pois o governo Maduro está doando esse insumo ao governo do Amazonas. “Esse envio tem caráter de ajuda humanitária, por isso a Venezuela não está cobrando nada por isso. Inclusive a logística dessas primeiras cargas está sendo fornecida por nós [poder público venezuelano", diz o governador do Estado de Bolívar, Justo Noguera.

Oxigenio Manaus
Atualmente a demanda diária do Amazonas é de 70 mil m³ - Foto: Tadeu Júnior / BMA

A ideia de poder ajudar os brasileiros animou tanto o governador que ele decidiu colocar sua própria escolta para acompanhar a carga até a fronteira da Venezuela com o Brasil. Ele também vai acompanhar pessoalmente a saída dos caminhões da fábrica.

A White Martins, que atualmente produz 28 mil m³ em Manaus, é a maior fornecedora do Governo do Amazonas.  A empresa também possui uma planta industrial na Venezuela, mas no estado de Aragua, que fica na costa norte da Venezuela, no outro extremo da fronteira com o Brasil.

"São coisas diferentes. A doação do governo venezuelano é outra coisa. Estamos trazendo para o Brasil nossa carga de oxigênio que temos na Venezuela para suprir a demanda do Estado", informou a assessoria de comunicação da White Martins ao Blog do Mário Adolfo.

White Martins Manaus
White Martins está trazendo O2 de sua fábrica na Venezuela - Foto: Tadeu Júnior / BMA
Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.