BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Careiro Castanho dá início a ano letivo híbrido com inauguração de Ceti


O governador do Amazonas, Wilson Lima, deu início, nesta quarta-feira (19/05), ao ano letivo híbrido da rede estadual com a inauguração do Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Professora Maria Adelaide Marinho Hortência, no município de Careiro Castanho.

A unidade segue os mesmos padrões adotados pelas demais unidades de Tempo Integral do Governo do Amazonas e do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

As obras começaram em 2015, mas foram paralisadas por diversas vezes. No ano passado, em visita ao município, o governador Wilson Lima determinou a retomada para conclusão. Durante todo o ano de 2020, os trabalhos não foram paralisados.

“Hoje nós estamos fazendo a entrega de uma obra muito importante para a educação, essa escola de tempo integral, professora Maria Adelaide, que começou em 2015 e que até então foi se arrastando. Quando eu assumi o governo, em 2019, fiz questão de retomar todas as obras que estavam paradas e hoje nós estamos aqui fazendo entrega à comunidade escolar de uma grande obra, com 24 salas de aula. Aqui estarão todos os alunos do Ensino Médio e em tempo integral”, disse o governador.

Esta é a quinta unidade de tempo integral inaugurada nesta gestão. “Estamos entregando o quinto centro educacional de tempo integral deste Governo e outros nove em andamento, um deles em Manaus e oito em municípios do interior do estado. Todos com esse padrão. O padrão que se oferece hoje aqui é muito superior ao que se oferece na iniciativa privada”, disse o secretário de Estado da Educação e Desporto, Luis Fabian.

Já foram entregues, em 2019 e 2020, os Cetis de Lábrea, Presidente Figueiredo, Benjamin Constant e Nova Olinda do Norte. Outras três unidades devem ser entregues nos próximos meses, em Tefé e São Paulo de Olivença. Além destes, mais seis Cetis estão em construção, em Boca do Acre, Fonte Boa, Codajás, Tabatinga, Eirunepé e na capital, Manaus.

"A contribuição que a estrutura de um Ceti, principalmente desse nosso Ceti aqui no município de Careiro, tem é principalmente pela parte pedagógica, a parte do desporto, em que você tem bastantes resultados. Temos a área da piscina, quadra poliesportiva, salas extracurriculares, sala de música, sala de dança, sala de luta, sala de ginástica. Então, isso atrai os olhos da comunidade”, pontuou o gestor do Ceti, Wendrey Neves.

Ao todo, foram investidos R$ 17 milhões na construção do Ceti, que tem capacidade para atender 600 estudantes e conta com 24 salas de aula, dois laboratórios de Ciências e um laboratório de Informática, uma biblioteca, um Espaço Google, cinco salas para administração, um consultório odontológico, uma sala para atendimento psicológico, uma enfermaria, uma sala de professores, uma sala de coordenação, um pátio coberto, uma cozinha ampla com vários balcões em aço inox e banheiros femininos e masculinos nos três pavimentos de corredor da unidade, dentre outros espaços.

“A minha expectativa é de imensa grandiosidade. Eu pretendo seguir Medicina e aqui eu acredito que vou ter mais possibilidade, porque aqui tem laboratório de ciências, de informática e outras coisas que vão me ajudar a ganhar mais aprendizagem. Desde quando estava em construção eu estava falando com os meus pais que essa escola vai ser um passaporte para muitas pessoas ingressarem no mercado de trabalho, terem uma vida bem sucedida, e aqui eu sei que vai ser ótimo”, afirmou Kauã Lira, aluno do 3° ano do Ensino Médio.
O prédio também possui uma ampla área dedicada à prática esportiva. Nela, estão dispostos: quadra poliesportiva, campo de futebol, piscina semiolímpica, vestiários e salas de dança, música, artes marciais, fanfarra e ginástica.

“O Ceti era um sonho. O sistema educacional do Ceti é voltado para preparar os nossos alunos para o mercado de trabalho, de uma forma bem mais dinâmica, e eles passam bem mais tempo na escola, têm mais projetos que podem dar um suporte melhor para ele, enquanto aluno. O professor também tem um suporte maior na hora do trabalho”, observou a coordenadora pedagógica do Ceti, Zeila Nascimento.

Ao todo, foram investidos R$ 17 milhões na construção do Ceti

Protocolos na volta às aulas presenciais - Assim como aconteceu em 2020, será obrigatório o uso de máscaras e a equipe escolar está orientada para que se faça cumprir o distanciamento social durante toda a permanência do aluno na escola.

Nos 61 municípios do interior, com o retorno dos estudantes do ensino regular e do Ensino Médio, Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), todas as modalidades de ensino já terão retomado às atividades presenciais. Em abril, a Educação Escolar Indígnea e o Ensino Mediado por Tecnologia foram autorizados a retornarem para as escolas.

Em caso de dúvidas, alunos, pais e responsáveis deverão entrar em contato com a equipe da sua unidade escolar ou da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) do município. Ela estará disponível para esclarecer todas as dúvidas e ajudá-los durante o período de retorno às aulas presenciais.

O município de Careiro Castanho conta, ainda, com outras quatro escolas da rede estadual. São elas: Escola Estadual (EE) Thomé Ferreira Santiago, EE Marçal Machado Girão, EE Senador Fábio Lucena e EE Pedro dos Santos. Juntas, as cinco unidades atendem 2.805 estudantes.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.