BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Câmara e Prefeitura precisam assumir o protagonismo em Manaus, afirma David em visita à CMM


Em visita à Câmara Municipal de Manaus (CMM) na manhã desta quarta-feira (9), em iniciativa inédita, o prefeito eleito, David Almeida (Avante), convocou os vereadores eleitos e reeleitos a trabalharem em parceria com a Prefeitura para o desenvolvimento da capital. A iniciativa foi reconhecida como inedita pela maioria dos parlamentares.

"Eu vim convidá-los a fazer de Manaus uma cidade melhor de se viver. Nós representamos a sociedade, e o que ela espera de nós? Minha meta é fazer os serviços serem melhores do que são. Vim aqui pedir a parceria dos vereadores, que são o parachoque da administração, pois o poder que emana do povo é o Legislativo", disse o prefeito eleito.

David, que iniciou sua carreira política como deputado estadual, disse que a população está desacreditada da classe política, status que deve ser mudado com trabalho em prol dos manauaras. "O povo olha para quase todos nós, a classe política, como malfeitores. Nossa missão como homens públicos é tentar resgatar a credibilidade da classe política. A população já não acredita mais. Para mudar, tenham certeza de que farei a coisa certa, mesmo que seja enfrentar poderosos para isso", garantiu.

Almeida ainda falou sobre as dificuldades orçamentárias que sua administração deve enfrentar a partir de 2021. Segundo ele, a Prefeitura deve ter um orçamento R$ 600 milhões menor, os empréstimos contraídos pela atual gestão começam a ser cobrados já em janeiro, e o auxílio emergêncial do Governo Federal de R$ 600 vai ser interrompido, além da intervenção sobre o Imposto Sobre Servicos (ISS), que ameaça a arrecadação dos municípios de todo o Brasil.

"Essa responsabilidade cai sobre todos nós. Para otimizar a 'máquina, contratos terão de ser cumpridos. Faltam mecanismos de cobrança e fiscalização. Temos o metro cúbico de água mais caro que de cidades que não têm um rio. A Câmara e a prefeitura precisam assumir protagonismo, fazendo e transformando os serviços públicos. Nossa meta é implementar as ações de governança da iniciativa privada no que se refere a metas e resultados" afirmou David.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.