BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Briga por partida de futebol deixa dois mortos na zona Norte


Marco Antônio Cardoso Reis, 20, Naiandro de Souza Guimarães, 21, foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (12), na Rua Aroeira, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus. Segundo a família, a motivação do crime seria um uma rixa por conta de um torneio de futebol.

De acordo com informações repassadas a 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), um grupo estava se preparando para jogar futebol, na quadra do bairro, quando foi surpreendido por pelo menos dois criminosos, que atiraram. Testemunhas relataram que dois veículos participaram da ação criminosa.

O grupo, que estava na quadra participou de um torneio hoje, no Terra Nova e ganhou, mas o time que perdeu seria de um suposto traficante da área.

“A informação da família é que a motivação veio de um torneio que eles ganharam de futebol hoje, no Terra Nova. Eles ganharam de um time que pertencia a um traficante da área, que não gostou de ter perdido pra eles”, explicou o tenente Ronaldo Azevedo.

Após ser atingido, Naiandro foi socorrido pelos familiares e conduzido ao SPA do Galiléia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Nonato Lopes, 26, também foi socorrido para a mesma unidade, onde passa por procedimento cirúrgico.

A quarta vítima tentou fugir dos criminosos e correu para Rua Mulateiro, onde foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital e pronto-socorro Joao Lúcio.

Marco foi atingido por dois tiros, um no peito e outro braço esquerdo. A família de uma das vítimas relatou que os jovens gostavam muito de jogar futebol.

O crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Fonte: Portal D24AM

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.