BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Braga defende criação de polo agroindustrial em Rio Preto da Eva


O senador e candidato à reeleição, Eduardo Braga (MDB), defendeu na noite desta quinta-feira, 30, a criação de um polo agroindustrial, em Rio Preto da Eva, como modelo de desenvolvimento para geração de emprego e renda. O modelo incorporaria os mesmos incentivos da Zona Fraca de Manaus (ZFM) como estratégia para atrair empresas para o beneficiamento de alimentos produzidos no município, tais como laranja, tangerina, limão, açaí, peixe, entre outros.

“Estamos no momento e na hora certa para criar o polo de agroindustrial com os incentivos da Zona Franca porque Rio Preto da Eva está inserida no quadrilátero da Zona Franca de Manaus. Ter a cidade asfaltada é importante, assim como os ramais asfaltamos são fundamentais para escoar os produtos. Mas para que possamos completar o ciclo de desenvolvimento é preciso criar emprego e renda”, disse.

O polo agroindustrial, segundo Eduardo, estaria inserido em um ciclo de desenvolvimento que contemplaria, entre outros eixos, uma ampla intervenção de infraestrutura no município que, já começou com a recuperação e pavimentação de ramais realizada pela atual administração do município. A estruturação das vias traria vantagens para o escoamento da safra até as empresas que, por sua vez, gerariam emprego e renda para a população, além de agregar valor aos produtos, redução do valor de transporte e desenvolvimento ao município.

O modelo ainda seria impulsionado pela duplicação da rodovia AM-010, que liga Manaus a Rio Preto da Eva. A partir da duplicação, afirma Braga, os produtos poderiam chegar a Manaus e outros municípios da Região Metropolitana (RMM) com garantias de rentabilidade para os agricultores, além da qualidade e transporte assegurados.

Eduardo chamou atenção para o atual estado da rodovia e afirmou que tem realizado reuniões na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), presidida por ele no Senado, para viabilizar melhorias na estrada. “É preciso duplicar e sinalizar a AM-010. Ela está perigosa, não tem mais sinalização”, destacou.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.