BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Bola das Letras é incendiada em dia de ataques em Manaus


A "Bola" das Letras, como é conhecida popularmente a rotatória Umberto Calderaro Filho, foi mais um alvo de criminosos em Manaus neste domingo (6). Ações como essa acontecem desde a madrugada como forma de retaliação pela morte de um traficante em Manaus. Mais de 20 ocorrências de incêndios já foram registradas somente na capital.

Até o momento, a Secretaria de Segurança Pública informou a prisão de apenas seis pessoas envolvidas nesses ataques. A polícia chegou a apreender 30 litros de gasolina na garagem de uma empresa de ônibus durante a tarde.

O secretário de segurança do Amazonas, coronel Louismar Bonates, classificou os ataques de facções criminosas em Manaus como uma "brincadeira" durante o pronunciamento dele para a imprensa no comitê de crise, criado para apurar as denúncias de ônibus incendiados e depredação de prédios em Manaus e nos municípios de Parintins e Careiro Castanho.

Veja o vídeo:

"Em cima desse evento crítico que tá acontecendo na cidade, montamos um gabinete de crise, nós estamos aqui reunidos tanto a polícia militar quanto a polícia civil pra tomar todas as providências pra dar garantia ao cidadão de bem, o seu ir e vir e acabar com essa brincadeira que tá acontecendo na cidade", disse o secretário.

Ainda de acordo com a SSP-AM, a ordem para ataques criminosos em Manaus e em cidades do interior foi determinada por detentos de uma unidade prisional.

Um comitê de crise foi criado para apurar as denúncias de ônibus incendiados e depredação de prédios em Manaus e nos municípios de Parintins e Careiro Castanho, neste domingo (06). O governador do Amazonas deve se pronunciar ainda durante este domingo.

Fonte: Portal Toda Hora

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.