BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Ávine Vinny, de 'Coração Cachorro', é preso por ameaçar a ex-mulher



O cantor Ávine Vinny, que ficou conhecido nacionalmente com o hit Coração Cachorro, foi preso em Fortaleza (CE), nesta segunda-feira (13), e passou a noite na cadeia. Ele, que tem 32 anos, teria discutido com a ex-mulher Laís Holanda, de 31, e, na briga, feito ameaças a ela. As informações são da Record TV.

Segundo a Polícia Civil, "a captura do homem ocorreu após o suspeito ameaçar a vítima com quem teve um relacionamento por oito anos e tem uma filha".

O cantor foi conduzido à delegacia após uma denúncia da ex-mulher. Segundo ela, houve uma discussão pelo telefone e a ligação foi gravada. De posse do material, a vítima foi à Delegacia da Mulher de Fortaleza.

Durante o registro da ocorrência na unidade policial, a vítima recebeu mensagens do suspeito com novas ameaças. O cantor não fez ameaças à integridade física da ex, mas disse que iria tirar a guarda da filha do casal.

Na delegacia, ele foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da violência doméstica. Já para a vítima foram solicitadas medidas protetivas de urgência junto à Justiça.

A polêmica repercutiu nas redes sociais. Ávine gravou a música que virou sucesso ao lado de Matheus Fernandes e, depois disso, começou a ser conhecido em todo o país.

Ávine Vinny já está na Vara de Custódia, que fica ao lado da delegacia de Capturas, à espera da audiência nesta terça-feira (14) para decidir se será solto ou terá a prisão mantida.

Na época em que o DJ Ivis foi preso por agredir a ex-mulher, Ávine enviou uma mensagem ao companheiro de música em que dizia que "todos merecem perdão".

Agora, após o episódio envolvendo Ávine, a postagem é comentada novamente pelo público.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus