BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Associação de Concessionárias de Moto Honda doa mais de 4 mil cilindros de oxigênio para Manaus


Diante da falta de oxigênio em Manaus, a Assohonda – Associação Brasileira de Distribuidores Honda, liderou a campanha “Doe Oxigênio” entre as suas mais de 700 associadas em todo o Brasil. No total, foram arrecadados mais de 41 mil metros cúbicos de oxigênio - o equivalente a 4.100 cilindros.

A ação, que teve início no mês de janeiro, contou com o apoio da rede de concessionárias e com a logística da própria montadora. Mais de mil metros cúbicos dispostos em 100 cilindros de aço de 10 metros cúbicos cada, chegaram no aeroporto de Manaus nos dias 30 e 31 de janeiro e foram entregues para a Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM).

Outros 40 mil metros cúbicos de oxigênio líquido acomodados em carretas estão sendo transportados por balsa, sendo parte de Goiânia e outra de Imperatriz do Maranhão, com chegada prevista para essa semana.

Manaus, cidade sede de fabricação das motocicletas Honda, tem sofrido com a falta de oxigênio diante da explosão de casos graves de Covid-19. A falta do produto gerou centenas de mortes por asfixia na cidade. O caso despertou uma comoção nacional. A fim de fazer a diferença, a Assohonda decidiu agir.

Para o presidente da Associação, Marco Antônio Costa, a pandemia impôs a necessidade de sermos mais humanos. “Decidimos nos unir nessa mobilização porque compartilhamos da crença de que a vida é o nosso bem mais precioso. Temos que ser solidários e lutarmos, juntos, por ela”, afirma.

A Assohonda segue atenta a novas formas de contribuir com o estado do Amazonas, visando minimizar os impactos negativos da Covid-19. “Esta campanha nos enche de satisfação e orgulho porque mostra a força e grande capacidade de mobilização da nossa rede. Estamos todos com Manaus e faremos o possível para ajudar no que for necessário”, finaliza.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.