BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Assembleia de Deus Tradicional declara apoio a David Almeida


A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Tradicional do Amazonas (Iaedtam) declarou, nesta segunda-feira (11), apoio à candidatura de David Almeida (Avante) a  prefeito de Manaus nas eleições deste ano. Candidato pela coligação Avante Manaus, David é o primeiro nome a receber abertamente a declaração de uma denominação religiosa para o pleito deste ano, no primeiro turno, que ocorrerá no dia 15 de novembro.

A Ieadtam é considerada uma das maiores redes cristãs do Amazonas, com mais de 1800 congregações no Estado, sendo 320 igrejas somente em Manaus. Segundo representantes da Igreja, a escolha pelo nome de David – que tem Marcos Rotta (Democratas) como candidato a vice-prefeito - “foi uma convergência pelos valores cristãos e posicionamento em relação à administração pública”.

Para David, a decisão da igreja é o reconhecimento do seu comportamento e da sua conduta como homem público e cristão.

Em nota, a Assembleia de Deus tradicional reforçou que o apoio ao candidato a prefeito se deu a partir de avaliação do momento decisivo “pelos fundamentos cristãos” e o compromisso com a pauta recomendada pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

A Igreja disse que a escolha de David levou em consideração os seus princípios que prezam pela a “preservação da família, como instituição divina”. Portanto, os líderes da Ieadtam “resolveram não apenas orar, porém recomendar aos irmãos o voto”. Observou ainda, que “David reconheceu a importância do trabalho feito pelas igrejas evangélicas, dentre elas citou a Assembleia de Deus Tradicional, pela seriedade com que faz essa obra evangelizadora em nossa cidade”.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.