BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Arthur Virgílio visita comunidade indígena Sateré-Mawé


Em mais uma intensa agenda de visitas pelo Estado, desta vez em municípios do Baixo Amazonas, o ex-senador e pré-candidato ao Senado Federal pelo PSDB-AM, Arthur Virgílio Neto, se tornou o primeiro político a ter ocupado o cargo a visitar a comunidade indígena Molongotuba, localizada entre os municípios de Barreirinha e Maués, onde habitam, aproximadamente, 600 pessoas ou 90 famílias da etnia Sateré-Mawé. “Mais que um compromisso assumido, é uma causa presente em minha trajetória”, destacou ele, que também esteve em São Sebastião do Uatumã, Urucará, Boa Vista do Ramos e Maués.

Durante reunião na comunidade, onde Arthur esteve no domingo (12.6), lideranças fizeram ao pré-candidato o pedido para que tenham acesso à educação superior. “A comunidade recebe, pela primeira vez, a presença de um senador, que é o Arthur. Com muita coragem, ele veio até nós apresentar suas propostas para que possamos ouvir e dialogar”, disse o tuxaua Mizael Ferreira. “Conhecemos o Arthur do Senado e ele é um dos nossos representantes que mais conhecem a causa indígena. Nossa reivindicação é pelo acesso ao ensino superior para nosso povo”, completou.

A proposta é para que se crie uma parceria com a Ufam ou a UEA, Universidades Federal e Estadual do Amazonas, respectivamente, a fim de afastar, principalmente de jovens indígenas, caminhos como o das drogas. “Propomos que, por intermédio do Arthur, tenhamos essa parceria na nossa terra para que jovens indígenas cursem o ensino superior. Arthur teve a sensibilidade de atender o convite do nosso povo para que juntos possamos unir forças. A educação, para nós, é primordial, é a libertação do nosso povo e a saída do assistencialismo”, comentou Erivelton Oliveira, uma das lideranças do povo Sateré.

Sempre atuante em defesa das questões que envolvem a Amazônia e o Amazonas, como a própria causa indígena, Arthur expôs seu ponto de vista aos que lhe ouviam e relembrou batalhas que já travou, enquanto parlamentar e chefe do executivo municipal em Manaus, além de se comprometer em ajudar os Sateré a ter o acesso a uma faculdade. “Precisamos valorizar, mais que urgentemente, os povos da floresta, cuja sabedoria é milenar e isso é uma porta para o desenvolvimento do nosso país. Como antes, aliás, mais do que nunca, essa é uma causa que irei abraçar”, afirmou Virgílio.

‘ArTour’

Em ‘tour’ pelos municípios amazonenses desde que anunciou sua pré-candidatura para o Senado Federal, no final de março, Arthur Neto tem conversado com muitos amazonenses para construir um verdadeiro plano de ação, que deverá colocar em prática no Senado, se eleito no pleito de outubro próximo. “Está sendo muito bom esse nosso reencontro, meu com o Amazonas e com os amazonenses. As pessoas estão atentas, ouvindo, meditando e analisando nossa proposta de ação. Nosso povo é sábio, porque descende de indígenas e aprende com a vida, e estou empenhado em amenizar seus sofrimentos”, avaliou Arthur.

A agenda deste final de semana começou pelo município de São Sebastião do Uatumã, onde Virgílio se reuniu com lideranças locais e concedeu entrevista à rádio Maripá. “O Arthur é um político que tem um destaque imensurável na história do Amazonas e a visita dele é uma honra, principalmente no momento em que o Amazonas não tem no Senado alguém que brigue realmente pelos nossos interesses”, afirmou o ex-vereador e ex-vice-prefeito de São Sebastião do Uatumã, Fernando Washington.

Já em Urucará, o ex-senador foi recebido por lideranças locais e amigos do ex-prefeito Pedro Falabella, a quem Arthur considerava “um querido amigo e uma grande liderança que fez muito pela cidade”, ressaltou o pré-candidato. O município, aliás, ainda guarda muitos legados de emendas parlamentares destinadas por Arthur quando foi senador, como o muro de arrimo da orla, o porto, poços artesianos em comunidades rurais e a feira coberta. “A presença de um homem público como Arthur, que defende e traz benefícios ao Amazonas, é muito importante e é isso que se espera de um representante”, disse o comerciante Arão Alfaia.

Em Boa Vista do Ramos, Arthur também esteve com lideranças e foi entrevistado na rádio Boiúna. A cidade também abriga legados fruto de emendas de Arthur quando senador. “É impossível achar um município no Amazonas que não tenha uma emenda destinada pelo Arthur. Não só no Amazonas, mas no Brasil, o nome dele carrega um histórico de alguém que tem representatividade e ele representa esperança, é alguém que vai lutar muito pelo nosso Estado e, claro, pela nossa cidade”, declarou o ex-vereador e presidente do diretório municipal do PSDB de Boa Vista do Ramos, Fredson Dias.

‘Muda Amazonas’

Em Maués, Arthur viveu uma nostalgia ao ser lembrado de um episódio histórico da sua trajetória política. “Conheci o Arthur aqui em Maués, em 1986, no movimento ‘Muda Amazonas’, eleição em que ele não venceu o Amazonino para governo, mas foi o mais votado em nossa cidade. Desde lá, o acompanho e o admiro como parlamentar e gestor”, relembrou o empresário Abraão Levy. “A gente se encanta não apenas com o Arthur político, mas o ser humano que sabe que o povo tem necessidades”, completou o agente de portaria Moisés Aguiar. “Todos conhecem a luta do Arthur, o índio branco do Amazonas, que vai nos ajudar a trazer mais desenvolvimento para nossa cidade”, finalizou Alfredo Almeida, liderança local.

O pré-candidato ao Senado, Arthur Neto, finalizou sua agenda do final de semana em Barreirinha, onde teve um jantar com lideranças, conheceu um empreendimento local, um shopping da cidade, e concedeu entrevistas para duas rádios locais, sendo lembrado de emendas que destinou à cidade, como um porto flutuante com fábrica de gelo, o mercado municipal e uma ambulancha. Nesta segunda-feira (13.6) o ex-senador, acompanhado de sua esposa e presidente do PSDB-Mulher no Amazonas, Elisabeth Ribeiro, e comitiva, segue viagem rumo à cidade de Parintins para outros compromissos.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.