Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Após apelo de Arthur, Greta Thunberg grava vídeo em defesa da Amazônia


Após o prefeito de Manaus, Arthur Virgilio Neto, gravar um vídeo com um apelo para que a ativista ambiental Greta Thunberg, para que ajudasse a chamar atenção para ajudar o Amazonas e Manaus no combate ao novo coronavírus, a sueca decidiu gravar um vídeo pedindo socorro para que a Amazônia possa combater os efeitos da Covid-19.

De acordo com a coluna do jornalista Ricardo Noblat, o vídeo será enviado em breve para todos os chefes de Estado do mundo e entregue à imprensa internacional.

A publicação informa que a decisão de Greta de gravar o vídeo foi comunicada, ontem à noite, ao prefeito Arthur Virgílio (PSDB), de Manaus, por meio de Abel Rodrigues, representante para o Brasil e Portugal do Fridays Future, movimento criado por Greta.

Apelo

Nessa mesma linha, Virgílio gravou em inglês um vídeo que remeteu aos chefes de Estado dos 22 maiores países do mundo. Em abril, o número de mortos em Manaus ultrapassou a casa dos 2.600. Em igual período do ano passado foi de apenas 1.025. O crescimento se deve em grande parte à ação do coronavírus.

No vídeo, publicados em suas redes sociais, Facebook, Twitter e Instagram, o prefeito Arthur Virgílio foi enfático sobre o estado de calamidade que vive a cidade de Manaus e foi direto quanto ao pedido de auxílio para o Amazonas.

O vídeo foi gravado no final do mês de abril 

“Sou prefeito de Manaus, a principal cidade do Estado do Amazonas, a grande cidade de toda a Amazônia brasileira. Estou lhe dizendo que precisamos de ajuda. Temos que salvar as vidas dos protetores da floresta. Estamos diante de um desastre, parecido com uma barbárie”, destacou na gravação. “Conheço toda a sua influência, conheço a sua capacidade de entender os sentimentos de outras pessoas. Meu povo está sofrendo muito e é por isso que estou direcionando para você essas poucas palavras. Ajude o Amazonas e a floresta a serem salvos”, recorreu o prefeito.

Ainda segundo o prefeito, a situação em Manaus é muito mais crítica do que os dados oficiais apontam e a conta não está batendo, se referindo aos registros de falecimentos, que quadruplicaram nos últimos dias, ao mesmo tempo em que se registra uma subnotificação de casos da Covid-19.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.