BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Arthur anuncia 14º e 15º salários para servidores do ensino infantil e EJA


Pela primeira vez, a Prefeitura de Manaus irá pagar o 14º e 15º salários para profissionais da educação infantil e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O anúncio foi feito pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, nesta segunda-feira, 9/11, durante entrega da creche municipal Professora Dalila Bentes Duarte, bairro Santa Etelvina, zona Norte. Mais de 2,5 mil servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), incluindo do ensino fundamental, receberão o benefício pelas metas alcançadas na gestão.

“Esse benefício já existia para outras modalidades de ensino, mas será a primeira vez que vamos premiar os servidores da educação infantil e de jovens e adultos, como uma forma de parabenizá-los e incentivá-los. Não só com a inauguração de creche, mas com a valorização dos nossos profissionais, faremos com que Manaus se torne a número um na educação do país, priorizando a aprendizagem dos alunos”, destacou o prefeito Arthur Neto.

Ao todo, serão 115 escolas e 2.550 servidores beneficiados. Do total de unidades de ensino, 112 receberão o 14º salário, sendo 14 escolas do ensino fundamental, três do EJA e 95 da educação infantil receberão o 14º, e três da educação infantil terão o 15º. A matéria do Executivo municipal, que trata do pagamento dos 14º e 15° salários para os servidores, será apreciada nos próximos dias, pela Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O Programa de Incentivo e Valorização aos servidores lotados nas unidades de ensino avalia a melhoria dos resultados de aprendizagem dos estudantes definidos pelo Índice de Desenvolvimento da Educação da Rede Municipal de Ensino (IDE-Manaus), por meio de Cartas de Metas entregues a cada unidade.

Os itens que classificam as unidades para recebimento do 14º devem apresentar a taxa de desenvolvimento integral, redução de abandono escolar, quantitativo de crianças por turma, cumprimento do currículo e a prestação de contas do exercício anterior do ano de aplicação da avaliação nacional pelo Ministério da Educação (MEC) e do ano corrente protocolado. Já aos classificados para o 15º, são avaliados o cumprimento em conjunto da taxa de desenvolvimento integral e as prestações de contas.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.