BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito - Para Arthur, terceira via é possível: “O jogo ainda não começou”


A última pesquisa eleitoral à presidência da República, em 2022, que aponta Lula com 49%, Bolsonaro com 23% , Ciro 7%, Dória 5% e Mandetta 3% não convenceram o ex-senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio (PSDB). Para ele a 'Terceira Via' é perfeitamente viável porque o “jogo ainda não começou”.

— Eu vejo assim  de uma maneira ampla que  a Terceira Via é completamente possível se ela souber se unir em termos não fisiológicos, em ternos programáticos, exatamente como um projeto de salvação nacional, de salvação de  democracia e vejo aí.

Se o PSDB trilhar  esse caminho, Virgílio – que é candidato às prévias do partido  –,  acredita que a legenda que já governou o país por oito anos, vai estar voltando a  criar dentro dele, no seu cerne, a expectativa de voltar a ser o PSDB que criou o Plano Real, deu uma moeda definitiva para os brasileiros acabou com a hiper inflação,  domou a inflação,  fez  reformas microeconômicas de  peso.

O que diz a pesquisa

Para o tucano amazonense, a última pesquisa reflete o desgaste do   presidente  Bolsonaro, que é forte  em alguns estados mas, no geral,  no Brasil ele se enfraqueceu bastante.

—  Eu considerei  deplorável a atitude dele de receber de um pai que entrega o filho de máscara e  ele vai e arranca a  máscara do menino. Se isso torna alguém popular eu estou  fora de órbita e vivendo em um mundo que não é o meu.  E aí eu não faço nem questão de viver nesse mundo.

As chances tucanas

Arthur analisa que  o PSDB tem  amplas chances e reforça que o partido é o único que faz uma prévia.

— E nessa  previa nós temos o governador Dória, que aparece nas pesquisa, não chega a ser uma surpresa porque o jogo pra gente não começou.

João Dória, continua Arthur,  governa São Paulo e com uma votação espetacular em São Paulo já nasceria com dez pontos nas pesquisas.

— Então, simplesmente,  ele arranca um pouquinho na frente.

Rapaz de talento

Nesse início de corrida ao Planalto, Virgílio avalia que o governador do Rio Grande do Sul também tem grandes chances nas prévias tucanas.

— Ele já está trabalhando bastante. E uma pessoa talentosa. Tive a  oportunidade de fazer um debate  muito fraterno com ele e percebi que ele é um rapaz preparado.

Ainda é cedo

No entanto, Arthur observa eu ainda é cedo para compará-lo à experiencia dos 40 anos de vida de Tasso (Jereissati)   e os  seus 43 anos de vida pública.

— Mas talento não lhe falta, boa vontade não lhe falta.  Os resultados iniciais dele no Rio Grande  do Sul estão mostrando que finalmente é possível, tirar o Rio Grande do Sul do buraco

Maior figura do senado

Arthur destaca ainda Jereissati como outro nome forte nas prévias. Para ele, o cearense é, hoje, a “maior figura” do Senado Federal.

Barco no rio...

Quanto à sua própria mobilização às prévias tucanas, o candidato a presidenciável pretende percorrer todos os municípios do Amazonas.

... Pé na estrada!

— Ao mesmo tempo vou procurar percorrer todas as capitais e algumas cidades  que não capitais mas  que são importantes para o processo  brasileiro.

Arthur acredita na terceira via

O “D” na CPI

E quem assistiu os depoimentos  do servidor Luis Ricardo Miranda e de seu irmão, o deputado Luis Miranda, sabe que o governo do presidente Jair Bolsonaro está em maus lençóis.

República ameaçada

O deputado disse e o irmão confirmou ,  à CPI que Bolsonaro citou envolvimento de Ricardo Barros ao ouvir denúncias sobre a Covaxin.

Era de se esperar. Luís Miranda anunciou reviamente que tinha poder de fogo.

— Vou derrubar esse República ! – aviou.

Olho do furacão

O senador amazonense Omar Aziz conduziu os acalorados debates  de forma firme teve. Conseguiu conter, a duras penas, gregos e troianos. E deu alguns “chega pra lá” quando foi preciso.

Charminho

Saiu de bem inclusive com as mulheres senadoras. Fez charminho  cedendo no final dos trabalhos a cadeirada da presidência à senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

Gentileza gera gentileza - Omar Aziz aplaudido por senadoras

Veja o contraste

Diante do trato gentil do presente, a senadora Simone Tebet  (MDB-MS) teceu loas a Aziz.

E chegou a destacar o contraste entre o fino trato do senador do Amazonas e comportamento “deixa que eu chuto” do presidente da República.

Fogo cruzado

Omar que nunca esteve tão  exposto na mídia nacional, como vem sendo agora, vem conduzindo  com equilíbrio a CPI da Covid.

Mas isso é uma espécie de fogo cruzado.

Dependendo do resultado final da comissão, pode ser ruim para Aziz ou ajuda-lo, em 2022, quando ele  enfrentará  uma campanha para tentar se reeleger senador pelo Amazonas.  Mad, ayt é aqui, Aziz vem se saindo muito bem.

Colete a provas de balas

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) chegou ao Senado Federal vestindo um colete à prova de balas e carregando uma bíblia (foto).

Ele e seu irmão, Luis Ricardo Miranda, servidor de carreira lotado no Departamento de Logística do Ministério da Saúde, prestaram depoimento na CPI da Covid nesta sexta-feira.

Nitroglicerina pura

O foco do depoimento à CPI foram as denúncias sobre um esquema de corrupção na compra de vacina contra covid-19, no governo Bolsonaro.

Cabra marcado

Deputado de colete


Na quinta-feira (24), Miranda protocolou um pedido de prisão por coação contra o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, e o assessor da Casa Civil Élcio Franco à CPI da Covid-19 no Senado.

No documento, Miranda alega ter sido vítima de ameaças pelos dois em coletiva realizada na quarta-feira (23).

Um problema...

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) criticou a tentativa de adoção do voto impresso no sistema eleitoral, no pleito do próximo ano.

O projeto da impressão do voto tramita na Câmara.

— A proposta de voto impresso é a solução para um problema que não existe – diz Ramos no vídeo.

...que não existe

Para o parlamentar amazonense o voto eletrônico existe desde 1996 e nunca deu problema nenhuma.

— Já são 13 eleições de lá para cá, fora eleições suplementares, sem que haja sequer um indício de fraude em qualquer uma delas. Acrescenta – analisou Ramos.

Não há lógica

Marcelo foi mais além. Em sua análise ele avalia que, se o sistema fraudar o voto eletrônico, a cédula será a expressão impressa da fraude.

—  Portanto, não há nenhuma lógica nesse debate, que ao invés de qualificar o nosso sistema eleitoral – que já é seguro, eficiente e auditável – vai nos fazer retroceder.

Sigilo ameaçado

Futuro presidente do TSE, o ministro Alexandre Moraes deu sua opinião sobre a proposta bolsonarista ao podcast do STF que vai ao ar nos próximos dias.

Segundo o ministro, a proposta defendida por Jair Bolsonaro não vai servir para melhorar a democracia.

—  Pode, claro, piorar as coisas ao ameaçar o sigilo do voto –, avaliou Moraes.

Dia D

Projeto adotando o voto impresso nas eleições de 2022 tramita na Câmara dos Deputados e tem parecer previsto para a próxima segunda, 28.

Roda de conversa

A deputada estadual Nejmi Aziz (PSD) abriu um espaço público para dar voz aos especialistas e autoridades em temas de relevância Social.

Batizado de “Roda de Conversa”, o primeiro tema a ser abordado envolve a comunidade LGBTQIA+ e trará especialistas do Amazonas no assunto.

Dia do Orgulho gay

A Roda de Conversa “Direitos e Visibilidade LGBTQIA+” acontecerá na próxima segunda-feira (28), como parte dos eventos do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+.

Muda Brasil

Felipe Neto pediu, via redes sociais, que os jovens prestes a completar 16 anos, ou que já completaram essa idade, tirem o título de eleitor.

Crítico do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), o youtuber acredita que os novos eleitores tenham grande responsabilidade nas eleições e 2022. Indígenas acampam no Congresso Nacional ma  luta por seus  direitos  

Índios em Brasília

Índios em pé de guerra

Há duas semanas, mais de 850 indígenas, inclusive de comunidades de MS, acampam no estacionamento do Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília, fazendo pressão para impedir que o PL 490 avance na tramitação.

O Estado tem a segunda maior população indígena do país.

Covardia

Uma manifestação terminou com ação violenta da polícia e feridos. Segundo as lideranças indígenas, existe uma tentativa de modificar a Constituição por meio de lei ordinária, o que seria inconstitucional.

Terra indígena

O PL passaria a considerar como terras indígenas somente aquelas que já estavam em posse desses povos na data da promulgação da Constituição, 5 de outubro de 1988.

Caso o projeto seja aprovado, será exigido uma comprovação de posse, o que hoje não é necessário.

Confusão de Lázaros

Os apresentadores andam misturando os nomes de Lázaro Ramos com o Lázaro

Lãzaro criminoso

Uma gafe chamou atenção dos telespectadores do SBT  durante a exibição do "GloboNews em Ponto" desta sexta-feira (25). A emissora confundiu o serial killer Lázaro Barbosa com o ator baiano Lázaro Ramos.

Esconderijo ao vivo

O erro aconteceu ao vivo quando o jornalista Arthur Bernardi contava as últimas informações sobre o fugitivo e citava um possível esconderijo de Lázaro.

— Força-Tarefa encontrou possível esconderijo de Lázaro Ramos –, dizia o informativo na tela.

A gafe foi notada rapidamente e a emissora corrigiu a legenda para a distribuição em seu streaming.

ÚLTIMA HORA

A ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia determinou, nesta sexta-feira (25/6), à defesa de Ricardo Salles que entregue o passaporte do investigado. Assim, o ex-ministro do Meio Ambiente fica impedido de sair do país, o que aconteceu anteriormente com o ex-titular da Educação Abraham Weintraub. A decisão da magistrada ocorre como resposta a um ofício enviado, na quarta-feira (23/06), ao STF pela deputada federal Vivi Reis (PSol-PA), alertando que “o ministro já deu provas de que não tem a menor intenção de colaborar com as investigações, como no episódio em que se recusou a entregar seu aparelho celular para análise da Polícia Federal".

No despacho, a ministra Cármen Lúcia alerta que o pedido da deputada não segue os ritos judiciais e, nesse sentido, não tem valor legal. Por isso, antes de tomar qualquer decisão, o documento também passou pela Procuradoria-Geral da República, que deu parecer favorável à apreensão.

ORGULHO

O Brasil recebeu nesta sexta-feira (25) um lote com 2,05 milhões de doses da vacina da Janssen – farmacêutica do grupo Johnson & Johnson – contra a Covid-19. O imunizante é o primeiro aplicado em dose única a ser incorporado ao programa de imunização do país.  Um segundo lote, com 942 mil doses da vacina, chegou ao Brasil no sábado (26), completando os 3 milhões de unidades doadas pelos Estados Unidos. A Casa Branca anunciou que está compartilhando essas doses não para garantir favores ou extrair concessões. “Nossas vacinas não vêm com amarras. Estamos fazendo isso com o objetivo único de salvar vidas”, disse o governo norte-americano.

VERGONHA

A 6ª Vara Cível Federal de São Paulo ordenou que a União Federal pague R$ 5 milhões de reais para reparar danos morais contra as mulheres causados por falas do presidente Jair Bolsonaro e membros do seu governo. A decisão foi tomada na última quarta-feira (23/6) e cabe recurso. De acordo com a sentença, outros R$ 10 milhões devem ser destinados para campanhas publicitárias com o objetivo de conscientizar sobre situações de violência e desigualdade experimentadas pelas mulheres. Além disso, a quantia também será usada para divulgar direitos das vítimas femininas de violência e políticas públicas implementadas para alcançar a igualdade de gênero. O processo trata-se de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF), que apontou mensagens, discursos e pronunciamentos de agentes públicos do governo com caráter discriminatório e preconceituoso em relação às mulheres.

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus