Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arthur acompanha ‘Dia D’ contra H1N1 e anuncia vacinação para outros grupos de risco

O prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou neste sábado, 30/3, a realização do “Dia D” de Vacinação Contra a Influenza em Manaus, que teve sua abertura na Unidade Básica de Saúde (UBS) Arthur Virgílio Filho, no bairro Amazonino Mendes, zona Norte. Com 76% do público-alvo [455.083] já vacinado, o prefeito disse que espera bater a meta dos 90% antes mesmo dos 15 dias que ele havia estabelecido anteriormente. Arthur também anunciou a vacinação para outros grupos de risco, além dos preconizados pelo Ministério da Saúde (MS).

“Já chegamos a 76% do público-alvo, faltam 14% para alcançarmos a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Hoje [sábado] temos 200 pontos de vacinação espalhados pela cidade e tenho certeza de que fecharemos o dia com mais de 80%. Minha expectativa é de que, até a próxima terça-feira, 2/4, alcançarmos a meta”, afirmou Arthur Neto, reforçando que integram o público-alvo: crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, idosos, trabalhadores da saúde e educação, presos, doentes crônicos e portadores de outras comorbidades.

Ainda segundo o prefeito de Manaus, foram solicitadas mais 200 mil doses da vacina contra a Influenza (H1N1) para capital e o ministro Luiz Henrique Mandetta já autorizou o envio de 50 mil. “Recebemos 455.083 doses da vacina e seguimos rigorosamente as prioridades estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Mas vejo que alguns grupos não foram inclusos, como rodoviários, equipes de limpeza e quem trabalha nas drenagens e asfaltamentos das ruas da capital. São pessoas que estão expostas à queda de resistência e à gripe”, justificou Virgílio.

Até às 17h deste sábado, 200 postos de vacinação seguem funcionando em todas as zonas da cidade para receber as pessoas que integram o público-alvo, principalmente grávidas, já que apresentam o menor índice de imunização. Conforme o Informe Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), da Sala Municipal de Vigilância em Saúde, divulgado no dia 28/3, as grávidas representavam apenas 43% do grupo previsto.

“Quero agradecer a população que atendeu ao nosso chamado, aos servidores das unidades de saúde e demais envolvidos, que estão nos ajudando a cumprir com a meta da vacinação de forma organizada. Mais que ultrapassar a meta, queremos proteger as pessoas da nossa cidade”, finalizou.

Lembrando que aqueles que não fazem parte do público-prioritário também podem ajudar no controle da Influenza tomando medidas simples de prevenção, como lavar as mãos, usar álcool em gel, cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar e evitar locais com grande aglomeração de pessoas.

Deixe uma resposta