Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Área atingida por incêndio no Educandos será revitalizada

Desde o incêndio no bairro Educandos, em 17 de dezembro do ano passado, quando mais de 500 famílias foram afetadas diretamente com a perda total de suas residências e bens, a Prefeitura de Manaus realiza ações de atenção às vítimas. No primeiro momento foi feito o atendimento emergencial, o alojamento das famílias, a concessão de benefícios e a entrega de itens arrecadados na campanha #ManausSolidária. Agora, os trabalhos seguem para uma outra ação: a revitalização da área atingida pelo incêndio.

O projeto foi discutido pelo Grupo de Trabalho da Prefeitura de Manaus, conduzido pela presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, durante reunião nesta terça-feira, 19/11, em conjunto com diversas secretarias. O fogo destruiu uma área construída de aproximadamente 20 mil quilômetros quadrados e é esse espaço, juntamente com o entorno, que deve receber ações de recomposição por parte do município.

Conforme a presidente do Manaus Solidária, o grupo de trabalho está fazendo o estudo técnico e irá desenvolver projetos de revitalização para aquela área, no entanto, a destinação final será feita em concordância com os moradores diretamente atingidos pelo incêndio. “A preocupação do prefeito Arthur Virgílio Neto não é apenas com revitalização física, é também com as pessoas que ali vivem. Tivemos mais uma reunião hoje e teremos muitas outras até a definição do projeto para aquele espaço físico. Qualquer projeto passará pelos moradores. É importante escutá-los para que possamos, juntos, dar um novo uso para aquele espaço”, afirmou Elisabeth Valeiko.

Outro ponto destacado pela presidente do fundo é quanto à compatibilização de dados e informações referentes ao incêndio, pela Prefeitura de Manaus e pelo governo do Estado. Esse compartilhamento de informações, segundo Valeiko, é importante para que todas as famílias sejam assistidas em suas necessidades quanto a uma moradia própria, tendo em vista que a área no Educandos, às margens do leito de rio, não abrigará novas residências.

“Pelo município, o prefeito Arthur Neto destinou algumas unidades do conjunto residencial Cidadão Manauara II para as famílias do Educandos. Por outro lado, algumas famílias não conseguiram a aprovação da Caixa Econômica para financiamento e para essas famílias precisamos dar alternativas. É aí que vejo ser, ainda mais importante, a compatibilização de dados com o Estado, para que as indenizações que serão destinadas a essas pessoas possam chegar para quem precisa e que todos sejam contemplados”, afirmou Elisabeth.

Deixe uma resposta