BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Nicolau projeta primeiro hospital municipal em 180 dias


Candidato a prefeito de Manaus, Ricardo Nicolau deu detalhes do projeto e aponta que Hospital Municipal para cirurgias eletivas terá 150 leitos e capacidade para realizar 1500 cirurgias por mês.

O candidato a prefeito de Manaus pela Coligação ‘Pra Voltar a Acreditar’, Ricardo Nicolau (PSD), deu detalhes sobre a construção do Hospital Municipal para Cirurgias Eletivas, durante o horário eleitoral transmitido nas rádios e nas TVs. O novo hospital terá 150 leitos e capacidade para realizar 1500 cirurgias por mês. A expectativa é que fique pronto em 180 dias.

Ricardo Nicolau tem vasta experiência no setor. No primeiro semestre, no auge da crise do novo Coronavírus em Manaus, ele se licenciou do cargo de deputado estadual e assumiu a gestão do Hospital de Campanha Gilberto Novaes, montado em quatro dias e que salvou centenas de pessoas. Hoje, por determinação da prefeitura de Manaus, a unidade está fechada.

“O hospital está totalmente abandonado. Manaus ainda não tem um hospital municipal. E um como o Gilberto Novaes, de alta complexidade, faz muita falta. Vamos trazer nossa força de trabalho e coragem para enfrentar os problemas”, assegurou Ricardo Nicolau.

“Manaus não estava preparada para enfrentar a pandemia. E não está sequer para prestar serviço de saúde digno para as pessoas. A cidade não tem leitos suficientes e as UBSs, em sua maioria, funcionam de forma precária. Faltam equipamentos e materiais em quase todas elas. Nossa prefeitura vai colocar as UBSs para funcionar. E vamos construir em 180 dias um Hospital Municipal para cirurgias eletivas, com 150 leitos e capacidade para realizar 1500 cirurgias por mês”, completou.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.