BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Amazonense está entre os 26 mortos em Minas Gerais


O amazonense Nunes Azevedo Nascimento, 33, natural de Novo Aripuanã é um dos 26 homens envolvidos em uma organização criminosa que assaltava bancos, que morreu durante uma ação policial que ocorreu no último fim de semana em Varginha, em Minas Gerais. Ele foi identificado nesta segunda-feira (1), por peritos-legistas da Polícia Civil de Minas Gerais.

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Justiça do Segurança Pública (Semulsp), amostras de DNA coletadas dos 26 corpos serão inseridas no banco nacional de perfil genéticos, que procura coincidências, entre o DNA dos cadáveres e o DNA achado em locais de crime pelo Brasil.

Ainda conforme a Polícia Civil de Minas Gerais, nenhum dos homens assassinados estavam com documentos.

Além de Nunes, os corpos de Jerônimo da Silva Souza Filho, natural de Porto Velho (RR) e Gleison Fenrnando da Silva (MG) também já foram identificados pelos médicos legistas.

Conforme informações da polícia, Nunes respondia por roubo e sequestro.

Ataque a banco

A Polícia Civil tem informações que a quadrilha se preparava para atacar um centro de distribuição do Banco do Brasil. Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais, os criminosos haviam alugado um sítio, no entanto, entraram em confronto com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Operações Especiais (Bope)  e PM.

A polícia acredita que o bando tem relação de assalto a bancos em São Paulo e Santa Catarina.

Armas apreendidas

Com o grupo criminoso foram apreendidas armas longas de calibre 50, 10 fuzis, granadas, coletes, miguelitos, explosivos, 10 veículos roubados munições e dentre outras armas.

Fonte: Portal Em Tempo

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.