BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Amazonas utiliza CadÚnico como critério de seleção para o Cartão Auxílio Estadual


Para a seleção das 100 mil famílias beneficiadas com o Cartão Auxílio Estadual, o Governo do Estado utilizou a base de dados do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do Governo Federal, tendo como mês de referência novembro de 2020. O programa foi lançado nesta quinta-feira (28/01), pelo governador Wilson Lima, com o objetivo de garantir a segurança alimentar das famílias em situação de extrema pobreza.

O auxílio financeiro é no valor de R$ 600,00, e será pago em três parcelas de R$ 200,00. A entrega do auxílio inicia em fevereiro, na capital e no interior do estado.

“Utilizamos a base de dados do Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal. Baseado nisso, os critérios são famílias em situação de extrema vulnerabilidade social, que tenham seu responsável familiar maior de 18 anos; famílias que tenham quatro membros ou mais no seu núcleo familiar; e que estejam ativas no programa Bolsa Família. O mês de referência que nós utilizamos foi o mês de novembro de 2020”, explicou a secretária do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Kathelen Santos.

Informações no site

As famílias vão poder fazer a consulta no site www.auxilio.am.gov.br, a partir de segunda-feira (1º/02), para saberem se atendem os critérios de seleção do auxílio financeiro.

O acesso ainda permite que os beneficiários consultem os estabelecimentos credenciados para o uso do auxílio, que será exclusivamente para a compra de produtos alimentícios e de higiene e limpeza.

“O cartão é destinado a compra de alimentação e outros gêneros, como higiene e limpeza. No site nós vamos inserir todos os estabelecimentos contemplados que podem ter acesso ao cartão de todas as cidades do estado do Amazonas. E para você saber se receberá o auxílio, basta informar o CPF e a data de nascimento, e o site vai informar se a pessoa tem direito a receber o auxílio estadual”, destacou o coordenador da Unidade de Gestão Integrada (UGI), Tiago Paiva.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas.