BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Amazonas reduz casos de malária em 14%


Os registros de malária no Amazonas tiveram queda de 14%. O Boletim Epidemiológico de Malária da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) aponta para o registro de 8.264 casos notificados da doença nos dois primeiros meses do ano passado, contra 7.399 no mesmo período deste ano.

O boletim epidemiológico destaca, também, que, no período de janeiro a 19 de março deste ano foram 8.959 casos de malária em todo o estado. Os municípios do Amazonas com maior número de casos da doença são: São Gabriel da Cachoeira (2.154), Manaus (1.172), Barcelos (472), Lábrea (375) e Carauari (364).

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, ressaltou que o Governo do Estado realiza um esforço em conjunto com os municípios para combater a doença, por meio de medidas de vigilância epidemiológica, diagnóstico oportuno e tratamento imediato.

Prevenção – A melhor forma de prevenção da doença é evitar a picada do mosquito. Entre as medidas protetivas individuais estão usar repelentes, calças e camisas de manga longa e evitar a permanência em igarapés no período de fim de tarde e início da noite, horário em que o mosquito é mais ativo para se alimentar.

Uma importante estratégia é a aplicação de inseticidas residuais nas paredes de imóveis localizados em áreas de transmissão ativa, portanto a permissão do morador é fundamental. O uso de mosquiteiros impregnados é uma estratégia amplamente adotada no Amazonas, com resultados comprovados em diversas regiões do mundo.

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.