Calendário

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Amazonas está há 29 dias sem registrar óbito por Influenza A

O Estado do Amazonas está há 29 dias sem registrar óbito por Influenza A (H1N1). De acordo com a 23ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), divulgada nesta quarta-feira (17/04), o último caso foi registrado no dia 19 de março. Desde então, o número estagnou em 33 vítimas (26 em Manaus).

Para a gerente de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Nayara Maksoud, uma das razões para a estagnação dos óbitos foi a eficácia do plano de assistência executado na rede estadual, que envolveu, entre outras medidas, a reserva de leitos exclusivos para casos suspeitos.

O boletim desta quarta-feira mostra ainda que casos notificados de SRAG subiu de 1.074 para 1.094 casos. Desse total, 120 positivos para o Vírus da Influenza A (H1N1) e 227 para Vírus Sincicial Respiratório (SRV). O documento é elaborado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS- AM).

No interior, os casos de óbitos por H1N1 também seguem sem alteração, com os três casos em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá e Urucurituba, com um caso cada. Para o Sincicial, nesta edição, subiu de 20 para 23 casos óbitos, sendo 21 em Manaus, permanecendo no interior, um em Borba e outro em Manacapuru.

O número de óbitos por outros vírus respiratórios também continua o da última edição: em Manaus, um óbito por Parainfluenza tipo 3 e um pelo vírus Metapneumovírus; e, no interior, um óbito por Influenza A não subtipável, registrado no município de Maués.

Segundo a atualização do boletim, dos 59 pacientes graves que evoluíram para óbitos, entre fevereiro a abril de 2019, 54 deles faziam parte de grupo de risco mais suscetíveis, o que corresponde a 91,5%, com destaque para crianças menores de 5 anos, idosos, pessoas com diabetes, pneumopatas, pessoas com obesidade e neuropatas.

Deixe uma resposta