Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Amazon Hackfest Contra a Corrupção terá participação do TCE-AM


O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) participará nos dias 12, 13 e 14 de outubro do  Amazon Hackfest – Contra a Corrupção, evento promovido pela Procuradoria Geral de Justiça do Amazonas que consiste em uma maratona de programação de aplicativos e softwares voltados ao combate à corrupção.

Sob coordenação do Centro de Apoio Operacional de Inteligência, Investigação e Combate ao Crime Organizado (CAO-Crimo) e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), o evento também contará com oficinas, palestras, praça de food truck, mostra de cinema e experimento social. O TCE-AM é um dos apoiadores do evento.

Pelo Ministério Público de Contas, o procurador Rui Marcelo Alencar Mendonça fará palestra no sábado (13/10), às 15h, com o tema “Auditoria Ambiental no Estado do Amazonas”. O TCE amazonense é pioneiro no país em realizar auditorias ambientais no Estado, sendo reconhecido internacionalmente em seu trabalho de fiscalização e preservação do meio ambiente.

Em audiência, o  procurador de Justiça Mauro Verasdo Ministério Público do Estado do Amazonas, solicitou à presidente do Tribunal de Contas, conselheira Yara Lins dos Santos, a cessão de dados abertos, para que sejam usados na construção dos aplicativos. Foi acordada ainda a participação de técnicos do Departamento de Meio Ambiente do TCE-AM (Deamb), na realização de uma oficina de auditoria ambiental, e da Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditin), na tutoria dos alunos que farão os aplicativos.

O Amazon Hackfest é voltado para a sociedade civil, mas apoia-se principalmente na mobilização coletiva de estudantes e profissionais de Tecnologia da Informação, e, ainda, das áreas de Direito, Administração, Gestão Pública, Design, Contabilidade, Arte/Mídia, e áreas afins.

O evento será realizado em duas etapas, a primeira nos dias 12, 13 e 14 de outubro, no Espaço Ocean, na Universidade Estadual do Amazonas (Uea). A etapa final será no dia 10 de dezembro, durante a semana nacional de combate à corrupção. O Hackfest amazonense foi inspirado na experiência do Ministério Público da Paraíba, para estimular a participação social no combate à corrupção e, tendo a tecnologia como aliada, coibir atos de natureza ilícita.

No Amazonas, o evento tem apoio de várias instituições públicas, como o TCE-AM, o Ministério Público, o Governo do Amazonas, o Tribunal Regional de Trabalho 11ª região, a UEA, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e o Instituto Federal do Amazonas (Ifam).

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.