BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Alec Baldwin é visto aos prantos e transtornado após matar diretora em set



Depois de manusear uma arma no set de filmagens do filme "Rust", matar a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferir o diretor Joel Souza, o ator Alec Baldwin, 63, foi visto do lado de fora da sede das instalações em lágrimas enquanto falava ao telefone, segundo o jornal Santa Fe New Mexican. O caso está sendo investigado.

Nenhuma acusação foi registrada, de acordo com um comunicado à imprensa enviado pelo gabinete do xerife na noite de quinta-feira (21). Baldwin, que além de ser uma das estrelas do filme é também produtor, foi ao escritório do xerife por conta própria e deu a ele declarações sobre o caso.

"Os detetives estão investigando como [a arma foi usada] e que tipo de projétil foi disparado", disse o Gabinete do Xerife em um comunicado. "Este incidente continua sendo uma investigação ativa. À medida que mais informações forem disponibilizadas, atualizações serão fornecidas. "

As tentativas de obter um retorno sobre o acidente do ator têm sido em vão, já que ele não deverá comentar tão rapidamente o caso assim como o escritório estadual de cinema e o Santa Fe Film Office.

Ator apagou a foto que aparece com a camisa manchada de sangue 

Um porta-voz de produção da Rust Movie Productions LLC disse ao Deadline: "Houve um acidente hoje nas filmagens de 'Rust', no Novo México, envolvendo a falha de ignição de uma arma de suporte. Duas pessoas foram levadas ao hospital e estão recebendo cuidados. A produção foi interrompida. A segurança de nosso elenco e equipe continua sendo nossa principal prioridade."

Morta após receber um tiro acidental com arma cenográfica manuseada pelo ator, a diretora de fotografia Halyna Hutchins tinha 42 anos e trabalhava no set de filmagem do filme "Rust".

O acidente que vitimou a diretora aconteceu no Bonanza Creek Ranch, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (21). Halyna foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do México, mas não resistiu aos ferimentos.

O diretor do longa, Joel Souza, 48, recebeu alta hospitalar após se ferir. Quem confirmou essa informação foi uma das estrelas do filme, Frances Fisher.

Fonte: FolhaPress/ O TEMPO

Redação

Redação

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.

Manaus