Calendário

março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Agricultora da BR-174 diz que teve casa metralhada por policiais

Um grupo de Policiais Militares do Amazonas está sendo denunciado pela agricultora Maria Laranhaga, dona de um sítio localizado no quilômetro 23 da BR-174, por coação e até tentativa de homicídio. A reportagem é do Portal Holofote, com base no depoimento de uma testemunha do caso que não quer aparecer por temer represálias.

De acordo com um levantamento feito pela reportagem do site, desde 2004 a agricultora é detentora da posse do terreno em que mora. Ela conta que a área está avaliada em  R$ 1 milhão. No entanto, há alguns meses, dona Maria vem sofrendo intimidações, inclusive com ameaças de morte. Os autores da coação, de acordo com ela, são policias.

“Os PMs estão agindo a mando de um casal de irmãos, identificados como Clarice e Manoel. Eles contrataram dois falsos índios, sendo um deles conhecido como Erenildo (vulgo Pezão), para fazer intimidações a agricultora e invadir a propriedade rural. Há comentários na cidade dando conta de que “Pezão” é acostumado a invadir propriedades para lotear e posteriormente comercializar as terras”, disse a testemunha.

Os grileiros são acusados, ainda, de comercializar de forma ilegal minérios das propriedades invadidas, denúncia comprovado por meio de áudios compartilhados via WhatsApp. As áreas invadidas estão sofrendo com desmatamentos constantes, que levaram o Batalhão Ambiental da Polícia Militar a abrir um processo de investigação para apurar o caso.

Agora, Maria Laranhaga quer que os policiais sejam identificados e punidos. Para isso, ela guardou as cápsulas das balas.

Boletim de ocorrência registrado por Maria Laranhaga

Deixe uma resposta