BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Advogado é acusado de agredir ex-namorada em Manaus


O advogado Marcelo Oliveira Gonçalves foi denunciado pela ex-namorada, uma mulher de 22 anos, por agressão e tentativa de feminicídio após uma tentativa de asfixia e por provocar várias lesões no corpo da vítima. Essa não é a primeira vez que ela denuncia o advogado. Após a primeira ocorrência, no início de fevereiro deste ano, ele tentou convencê-la a retirar a denúncia em troca de um carro ou de um telefone celular, segundo informações da titular da Delegacia Especializada em Crimes contra as Mulheres, Débora Mafra.

De acordo com a delegada, na ocasião a vítima desistiu da denúncia e eles reataram. Além disso, a vítima chegou a ganhar o carro do advogado, mas a família dela acredita que o veículo estava sendo rastreado para que ele pudesse controlar melhor todos os seus passos.

A família da vítima afirmou na delegacia que o comportamento agressivo e violento começou dois meses após o início do namoro, que durou oito meses. De acordo com a família, ele demostrava muito ciúme, não deixava que a namorada saísse de casa e nem tivesse amizade com outras pessoas. As agressões físicas começaram em fevereiro.

A delegada disse que espera que ele se apresente na delegacia para prestar depoimento ou a polícia irá procura-lo. Ela também explicou que ele já fez três boletins de ocorrência contra a vítima, mas não detalhou os motivos. Marcelo já possui duas denúncias de agressões contra mulheres, uma em 2012 e outra em 2015.

Por meio de nota, a defesa de Marcelo negou as acusações da ex-namora e informou que deve dar sua versão dos fatos no prazo de 48 horas. Confira a nota na íntegra:

"Os escritórios de advocacia, Dr Adilson nery e Dra Iracema Pedrosa, vem por meio desta nota representando os interesses do advogado Marcelo Gonçalves, informar que o mesmo irá dar sua versão dos fatos envolvendo seu nome após o prazo legal de 48h, desde já a defesa antecipa que as acusações sobre o mesmo não condizem com a realidade e serão devidamente refutadas, o advogado teve seu dedo esquerdo mordido pela suposta acusadora e está c hematomas sérios na mão direita, o mesmo afirma categoricamente que não houve nenhum tipo de agressão, tanto é que a acusadora não possui hematomas no rosto, apenas defendeu-se afastando a vitima que não parava de ataca-lo, configurando assim a excludente de ilicitude denominada legitima defesa,  o quue na verdade foram vias de fatos, o advogado afirma ainda que estava sendo vítima de extorsão por parte da filha e da genitora que toda semana lhe pediam valores pecuniarios, tudo isso será devidamente explicado, confiando na justiça e nos seus direitos

Atenciosamente, Dr Adilson nery, oab 4124".

Fonte: Portal A Crítica

Redação BMA

Redação BMA

As principais notícias do Amazonas, do Brasil e do mundo. Mais de 40 anos de jornalismo com credibilidade.