Calendário

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Advogado assassinado em Manaus pode ter sido vítima de ‘queima de arquivo’

O ex-deputado estadual e advogado criminalista Armando Freitas, 79 anos, morreu após ser baleado com três tiros na manhã desta sexta-feira, 04/05, em seu escritório no bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus. Armando chegou a ser socorrido e levado para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu meia hora depois. Uma testemunha contou aos policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que um homem estava há dois dias monitorando a residência do advogado pela Praça da Glória que fica em frente.

De acordo com a polícia, Armando estava no andar de cima da residência, quando foi chamado por um homem. Ao se aproximar, o advogado foi alvejado com tiros. Os suspeitos fugiram sem levar nada. Em virtude disso, há suspeita de que o advogado tenha sido vítima de um atentado. Ele não estava recebendo ameaças.

NOTA DE PESAR

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) enviou nota lamentando com profundo pesar a morte do advogado Armando de Oliveira Freitas OAB-AM 638, vítima de um atentado ocorrido na manhã desta sexta-feira, 4 de maio de 2018, em frente ao escritório onde trabalhava, no bairro Santo Antônio, zona Oeste de Manaus.

Armando chegou a ser levado pelo filho, o também advogado Glenn Wildes do Lago Freitas, ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu. 

A OAB representada pelos mais de 13 mil advogados inscritos na seccional do Amazonas repudia toda e qualquer forma de violência praticada contra a vida humana em especial aos advogados. A entidade está acompanhando o andamento das investigações e está prestando total e irrestrito apoio aos amigos e familiares do advogado.

Ele morreu antes mesmo de chegar ao hospital

 

Deixe uma resposta