BLOG DO MÁRIO ADOLFO
Você gostaria de receber notificações em tempo real e não perder nenhuma notícia importante?
Cancelar
Aceitar

Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

Dito & Feito – A hora do Omar – Ou o senador escreve seu nome na história ou sai “chamuscado” pela pressão da CPI da Covid


Os holofotes estão sobre um senador da bancada do Amazonas. Com oito votos, o senador Omar Aziz (PSD-AM) foi eleito presidente da CPI da Covid nesta terça-feira. Vai depender dele, escrever seu nome na história ou sair “chamuscado” das pressões que deverá receber durante a pedreira que terá pela frente.

Se antemão, Aziz já avisou que não vai –poupar ninguém. Nem tampouco “condenar”, mas sim ouvir e investigar.

— Não dá para discutir questões políticas em cima de quase 400 mil mortos, eu não me permito fazer isso. Eu não me permito porque, infelizmente, eu perdi um irmão há 50 dias e eu não viria para uma CPI dessas querendo puxar por um lado contra outro. Não haverá prejulgamento pela minha parte –, disse ele.

Sem cor, sem classe

Omar lembrou que os próprios senadores estão sendo julgados e que a Covid-19 "não tem cor" nem "classe social".

—  Se tem isenção, se não tem isenção. Morre gente de esquerda, de centro, de direita. Morre pastor, morre padre, morre ateu, morre umbandista. Não tem cor para a doença, não tem classe social para a doença –, avaliou o presidente da CPI.

Sem vingança

Omar fez questão deixar claro que a CPI  não será usada para “vingar ninguém”. Mas advertiu que terá de fazer justiça às vítimas e familiares da doença.

—  Faço um apelo a todos os senadores que vão participar da CPI: vamos levar esse trabalho técnico sem buscar nada além da verdade. Seja contra quem for.

Nada de blindagem

Também pediu aos membros da comissão CPI que não tentem proteger ninguém ou solicitar que alguém ser poupado.

— Não fale, pelo amor de Deus, que aqui alguém quer proteger. Não podemos proteger ninguém que falhou ou errou em nome de quase 400 mil óbitos –, disse.

AM está no foco

O presidente da CPI nunca teve problemas com o governador Wilson Lima (PSC). Mas acredita que, inevitavelmente, o governador será chamado para ser ouvido pela CPI.

—O Amazonas aparece literalmente nas denúncias sobre a condução da pandemia. Principalmente na questão da falta de oxigênio e na compra de respiradores –, avaliou Aziz.

Querem tumultuar

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) disse que a ala governista da CPI da Pandemia quer criar uma crise política e jurídica em razão da falta de argumentos para debater as questões que são essenciais para o esclarecimento dos fatos à população.

Eduardo Braga: Renan Calheiros é suspeito de de quê?

Filho meu

Para o líder do MDB no Senado, embora Renan Calheiros (MDB-AL) possa ter de investigar o filho, que é governador de Alagoas, não há nenhum processo que caracterize o senador como suspeito para relatar a comissão.

— É fato que se um juiz de direito, concursado, recebe um processo que envolve um parente. O que ele tem de fazer? Ele tem que se dar como suspeito. Agora, não há nenhum caso concreto, nenhum processo nesse sentido em relação ao senador Renan Calheiros –, avalia Eduardo.

Judicialização da CPI

Em entrevista  à CNN, Braga considerou a “judicialização” da CPI como um “problema” e disse que a questão deveria ser tratada no Legislativo.

De acordo com o senador, se fala muito do ativismo por parte do Judiciário, no entanto, ele ressaltou que “quem provoca a manifestação é um membro do parlamento”.

— Isso pode ter consequências políticas, é claro. Isso altera as correlações de força no diálogo e na negociação política que acontece, naturalmente, em uma casa como o Senado”, afirmou.

Cala a boca, Guedes!

E o Paulo Guedes, hein?

Mais uma vez bonbagem. Sem saber que sua declaração estava sendo gravada, que os chineses "inventaram " o coronavírus.

China não gostou

O Itamaraty teve que se revoar para limpar a barra com os chineses. O chanceler Carlos França telefonou para o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming e pediu desculpas pelos estragos.

Releva, foi mal

A duras penas, o chanceler  confirmou que conversou com o embaixador chinês por telefone nesta manhã sobre o fornecimento de insumos para a fabricação de vacinas no Brasil e afirmou que a China é um parceiro-chave no combate à Covid-19.

Sua estupidez

Diante da insensatez de Guedes, o líder do PSB, Serafim Corrêa, não poderia ficar calado. O deputado  repudiou e classificou como “estupidez sem precedentes” as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que “o chinês inventou o vírus” da Covid-19.

— Atacando a China, Paulo Guedes trabalha para estacionar a vacinação no Brasil, trabalha para tornar o cenário mais

caótico ainda –, contratacou Serafim.

Tragédia anunciada

Sarafa lembrou que a  China é o nosso maior parceiro comercial. É ela que compra a produção do nosso agronegócio, e por outro lado, 85% das vacinas aplicadas no Brasil são de origem chinesa.

— O que o Paulo Guedes está querendo? Que a China diga que

vai suspender as compras do agronegócio e que suspenda também a venda do princípio ativo para o Brasil produzir a Coronavac? Isso será uma tragédia.

Mais vacina

O prefeito David Almeida vai à Brasília na próxima terça-feira, 4/5, tentar viabilizar a destinação de mais doses da vacina contra a Covid-19 no Ministério da Saúde (MS).

— Temos que evitar a terceira onda e podemos fazer isso com a vacinação –, disse o prefeito.

A preço de banana

O Banco do Brasil está realizando um leilão de imóveis na sua plataforma online. As oportunidades existem em todo o país, e chegam a ser vendidas com até 75% de desconto .

Casa de R$ 16 mil

Inclusive, existem opções de casas a partir de R$ 16 mil , e imóvel no litoral de São Paulo por R$ 102 mil. O prazo para dar um lance vai até final de abril.

O pagamento pode ser feito à vista, com 3% de desconto, ou parcelado em até 12 vezes. Os imóveis não têm nenhuma pendência e não precisam ser quitados.

Corrida criminosa

Agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) detiveram dois motoristas que praticavam racha na avenida Noel Nutels, na Cidade Nova, zona norte de Manaus.

Os motoristas não avistaram os batedores do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) estacionados em pontos estratégicos da avenida.

Pega-te!

O artigo 173 do CTB define a conduta como infração gravíssima e estabelece,  como punição para os condutores flagrados na prática ilegal, a perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além da suspensão da CNH por um ano e aplicação de multa no valor de R$ 2.934,70.

Leia você mesmo

Tramita na Assembleia Legislativa Projeto de Lei (PL) para que concessionárias de energia e água do Estado adotem o sistema de autoleitura em residências e pequenos comércios.

A  autoria é do deputado  Roberto Cidade (PV). A ideia é reduzir o número de leituristas trabalhando durante a pandemia do novo coronavírus e aproximar os consumidores das empresas.

ÚLTIMA HORA

João Doria, Eduardo Leite, Tasso Jereissati e Arthur Virgílio, todos possíveis presidenciáveis tucanos

Arthur confirmado nas prévias do PSDB para escolha do candidato a presidente

O PSDB deu início ao processo que definirá as regras das prévias para a escolha de seu candidato à Presidência da República com discussão sobre o adiamento da eleição interna e divergências sobre o colégio eleitoral expostas entre os prováveis concorrentes – João Doria, Eduardo Leite, Tasso Jereissati e Arthur Virgílio.  Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus, afirmou à Folha que deve retirar sua candidatura caso Tasso participe.

— Se ele realmente me disser que vai ser candidato, ele já está praticamente me colocando como cabo eleitoral dele e não como concorrente dele.

Virgílio também defende as eleições diretas, com todos os filiados. "Tem que ser na urna eletrônica, com todos os filiados votando, uma ampla campanha, todos os candidatos viajando juntos pelo país, debatendo nas principais cidades", afirma.

ORGULHO

Todos os aplausos para a amazonense que questionou e fotografou o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello sem máscara ao fazer um passeio no shopping Manauara, no  domingo (25/4). Sua atitude está  mais do que correta e a sua atitude repercutiu nas redes sociais do país inteiro. O nome da moça é Jaqueline Bastos, que disse ter questionado  o ministro sobre a falta de cuidado. Diante do flagrante, Pazuello teria ficado desconcertado, mas foi irônico:

— Ele respondeu pra mim: 'Pois é, né? Tem que comprar. Onde compra isso?'. Uma coisa é você estar comendo na praça de alimentação. Outra é entrar totalmente sem máscara. Ainda mais sendo ex-ministro –, contou a amazonense.

VERGONHA

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) foi o responsável pela principal defesa do governo federal na sessão que inaugurou a CPI da Covid, nesta terça-feira, 27. Embora não seja membro da comissão, o filho do presidente Jair Bolsonaro atacou o relator da investigação, senador Renan Calheiros (MDB-AL), a quem acusa de parcial, e criticou até mesmo o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), chamado por ele de "irresponsável" e "ingrato". O senador do DEM foi eleito para o comando da Casa em fevereiro com ajuda do Palácio do Planalto.

Mário Adolfo

Mário Adolfo

Jornalista formado pela UA, com mais de 40 anos de experiência. Dois prêmios Esso e criador do personagem Curumim, o Último herói da Amazônia.