Bookmarks

You haven't yet saved any bookmarks. To bookmark a post, just click .

19 de julho de 1975, o dia em que Manaus tremeu de frio


A frente fria que atingiu Manaus na madrugada desta quarta-feira, 19/07, remete a um dia histórico na vida da cidade – o  19 de julho de 1975, quando, acredite se quiser, a temperatura caiu para 17°C e, no Sul do estado do Amazonas chegou a 5°C.

Alguns jornais chegaram a dar em manchetes que pessoas mais idosas não resistiram ao “intenso” e acabaram morrendo.

Manaus sediava naquele ano o IX Congresso Eucarístico com o tema “Repartir o Pão” e os visitantes da cidade, que vinham preparados para enfrentar  o “Saara” com temperaturas que oscilavam entre 38ºC a 42ºC foram surpreendidas.

— Fez muito frio, mas não lembro se morreu alguém –, comenta o deputado Serafim Corrêa (PSB).

A historiadora Etelvina Garcia também afirma que não tem registro sobre mortes na friagem de 75.

—  Sinceramente, nunca ouvi ninguém dizer  nada parecido com morte em Manaus, causada por friagem. Lembro mesmo é da friagem que acontecia no mês de junho, mas festas de São João, na Manaus da minha infância, nos anos 1940. Era uma delícia  (ninguém morria) – conta Etelvina. Lembra a historiadora que os vendedores ambulantes batiam às portas das casas oferecendo ervas e folhagens da floresta, alimentando um costume  dos antigos, que falavam dos milagres dos banhos de cheiro nos tempos de Santo Antônio, são João, São Pedro e São Marçal.

Jornal A Crítica do dia histórico

Mas o que provocou tanto frio? De acordo com os climatologistas, a geada branca se caracteriza pelo pouco vento. Mas a de 75 foi a típica “geada negra”, com o vento gelado soprando do sul, vindo da Cordilheira dos Andes, enchendo os vales e transbordando para lugares mais altos.

Há quem diga que a onda de frio de julho de 1975 foi de bater o queixo, mas os mais antigos garantam que, oficialmente, a mais intenda friagem que se abateu sobre o território brasileiro foi a de 1955.

O problema é que em cidades como Curitiba,  Porto Alegre,  são Paulo, Florianópolis , Belo Horizonte, Belo Horizonte,  Santa Catarina estão acostumados à constantes  quedas de temperatura.  Naquele ano, principalmente na  região sul do Brasil, o frio foi insuportável.

Manaus amanheceu com um leve “friozinho”

Na  região sudeste a onda de frio também deixou marcas, com temperatura mínima abaixo de zero na capital paulista.  Nevou nos três estados do Sul e em muitos locais onde o fenômeno é raro. Foz do Iguaçu, por exemplo, teve neve e a temperatura caiu a 3,5ºC abaixo de zero. A neve caiu em diversas regiões gaúchas, do Sul ao Norte do Estado. A temperatura caiu a valores negativos na capital paulista e chegou a 10ºC abaixo de zero no Planalto de Palmas, no Paraná.

Em Manaus os 20º C já são dignos de ostentação.

Mário Adolfo Filho

Mário Adolfo Filho

Jornalista, formado pela Universidade Federal do Amazonas. Com passagem por grandes jornais de Manaus, Prefeitura de Manaus, Câmara Municipal de Manaus e Câmara dos Deputados.