Calendário

Evandro Melo passa a cumprir prisão domiciliar

O ex-secretário de Administração e Gestão do Estado, Evandro Melo, preso pela Polícia Federal (PF) na Operação Custo Político, já pode ir para casa. Na tarde de terça-feira, o Tribunal Regional Federal da 1º Região atendeu pedido da defesa – escritório do advogado Charles Garcia – e concedeu prisão domiciliar a ele, em despacho assinado pelo juiz Bruno Cesar Bandeira Apolinário.

Evandro havia sido preso no dia 13 de dezembro do ano passado e teve a prisão preventiva convertida em domiciliar no dia 23 de dezembro, pela Justiça Federal. Entretanto, voltou a ser preso no dia 31 de dezembro, decisão, esta, que acabou sendo impugnada pela Justiça Federal.

Segundo a defesa do ex-secretário, a presença dele em casa é imprescindível, dado o delicado estado de saúde em que se encontra sua esposa, que sofre de doença degenerativa no sistema nervoso, já há muitos anos.

Com isso, continuam presos apenas o ex-governador José Melo, a ex-primeira dama Edilene Oliveira e o ex-secretário de Saúde, Pedro Elias.

Deixe uma resposta