Calendário

Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Estado repassa R$ 99 mil para cada escola de samba do Grupo Especial

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), anunciou, na tarde desta segunda-feira, 8/01, os valores que serão repassados para as escolas de samba do Grupo Especial e dos grupos de acesso A, B e C. O encontro aconteceu no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Aleixo, zona Centro-Sul, e contou com a participação dos representantes das agremiações, com o secretário de Cultura, Denilson Novo, e com o vice-governador e secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva.

Neste ano, o recurso previsto para cada escola do Grupo Especial é de R$ 99.582. Para as escolas do grupo de acesso A, o valor será de R$ 60.856 enquanto para o grupo de acesso B, R$ 38.727. Já para o grupo de acesso C, será R$ 16.597. No total, serão mais de R$ 4,3 milhões destinados ao Carnaval. O repasse será feito às escolas que estão adimplentes em conjunto com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

“Tivemos reuniões com as escolas, lutamos para aumentar os valores dos repasses, igualar os cachês com a Prefeitura e nós conseguimos. Foi mais uma conquista para o Carnaval 2018, que é reflexo da dedicação do Governo, de somar esforços para que o espetáculo aconteça da melhor forma para todos”, declarou Denilson Novo.

Ele também informou que a SEC atendeu à solicitação das escolas sobre os ensaios técnicos. “Atendemos a programação de fazer uma semana de ensaios técnicos com passagem de som, produtor musical para acompanhar e garantir a qualidade sonora da apresentação do desfile de carnaval”, destacou o titular da pasta de Cultura. 

 

REFORMA DO SAMBÓDROMO

Ainda segundo o secretário de Cultura, o Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo – vai receber reparos e obras emergenciais em toda a estrutura e também nos galpões das escolas e samba, para sediar os desfiles em plenas condições.

“Há 16 anos, o sambódromo não recebe obras estruturais. Nos reunimos com o governador Amazonino Mendes e falamos sobre esta necessidade, que foi atendida. Já estamos trabalhando para entrar fevereiro com a programação pronta e atendendo a todas solicitações das escolas de samba”, disse o secretário.

 

Deixe uma resposta