Calendário

Janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Cielo volta atrás e agora diz que Manaus merece ter piscina olímpica

As declarações do nadador César Cielo sobre a doação da piscina olímpica usada nos Jogos RIO 2016 para Manaus, não repercutiram bem no meio do esporte. Em entrevista à revista Veja, Cielo afirmou que queria levar uma das piscinas que foram usadas nos Jogos para Santa Bárbara d’Oeste e usá-la em seu projeto social, mas que o Amazonas frustraram os planos.

“Uma dessas piscinas da Olimpíada foi para Manaus, para preencher um buraco que estava esperando por uma estrutura desde 2008. Será que eles precisavam realmente de um equipamento tão sofisticado? Com todo o respeito, é o mesmo que usar uma Ferrari num campeonato de rali”, disse.

Piscina está sendo instalada e tem previsão para o primeiro semestre deste ano

O Governo do Estado chegou a emitir nota de repúdio ao nadador. A declaração do Cesar Cielo foi totalmente infeliz. “Essa piscina vai beneficiar mais de 1200 atletas. Nosso Estado terá uma estrutura incrível para treinar e aperfeiçoar e descobrir novos talentos. Tenho certeza que temos muitos amazonenses fãs do campeão Cesar Cielo, que como eu, já foram as lágrimas de emoção ao ouvir o hino nacional tocado em uma de suas vitórias!! Cielo é um ídolo brasileiro e inspiração para tantas crianças e jovens”, diz a nota do Estado.

Horas depois, o nadador entrou em contato com Vítor Façanha, o ‘Botinho’, da Federação de Desportos Aquáticos do Amazonas. Ele pediu desculpas e disse que a situação foi “muito feia” . “Essa matéria da Veja colocou informações erradas e de forma polemica e eu não gostaria que você e o pessoal da natação aí do Amazonas pensassem coisa errada. Estive aí em 2008 para inaugurar o Centro Olímpico de Manaus e sei o quanto é importante o incentivo ao esporte”, afirmou ao dirigente.

OUÇA A MENSAGEM DE CIELO:

 

Em seguida ele mandou uma nota oficial à Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), que acabou reproduzindo o conteúdo em suas redes sociais. LEIA:

À secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer, Sejel. Venho por meio desta carta responder o e-mail enviado sobre a entrevista publicada na Veja, mais especificamente sobre a piscina olímpica doada. Gostaria de deixar claro que não fiz nenhuma crítica à cidade de Manaus, ao Estado do Amazonas e muito menos aos atletas e pessoas que vivem no norte do nosso país.

Acredito em respeito e acredito que todos nós brasileiros somos merecedores das estruturas olímpicas, pois elas foram pagas com os nossos impostos, que pagamos com tanto esforço.
Critiquei a forma de como o governo cuidou e cuida do legado olímpico, como um todo. Estruturas abandonadas e malcuidadas.

Critiquei também a forma de como as coisas são conduzidas no nosso país, quase sempre motivadas por interesses pessoais e políticos. Fico muito triste em saber que a interpretação e repercussão foram negativas.
Em 2008 tive o prazer de inaugurar o Centro Olímpico de Manaus e vi uma arquibancada cheia de crianças, pais e mães que gostam da natação.

O meu maior objetivo é promover o meu esporte, nunca machuca-lo.
Quero ver mais brasileiros se tornando campeões mundiais. Eu tive a oportunidade de alcançar o meu sonho, agora é minha hora de retribuir.

Respondendo o convite: será um prazer poder participar da inauguração da piscina olímpica e do parque olímpico!
Aguardo o contato de vocês para podermos fazer isso acontecer!

Finalizando, aproveito para autorizá-los a publicar esta carta na íntegra.

Atenciosamente,
CESAR CIELO

Deixe uma resposta